Quinta-feira, Junho 13, 2024
Quinta-feira, Junho 13, 2024

SIGA-NOS:

África do Sul apresenta o potencial do turismo de golfe na IGTM em Lisboa

O Turismo da África do Sul participa até à próxima quinta-feira, dia 19, na International Golf Travel Market (IGTM), que se realiza em Lisboa.

A IGTM é uma feira personalizada que reúne destinos, resorts e campos de golfe com os principais agentes de viagens de golfe e operadores turísticos mundiais. Nesta edição, a nação africana irá participar com um stand, no qual apresentará os seus campos de golfe, resorts e a experiência global de golfe no país. Representados na IGTM estão expositores como a Sun International, Pro Golf Safari’s, De Zalze Golf Club, Fancourt & Rovos Rail juntamente com outras várias organizações sul-africanas de turismo e golfe.

Zinhle Nzama, diretora interina do Gabinete de Convenções do Turismo da África do Sul, sublinha a importância desta participação, afirmando: “A participação na IGTM é uma prova do nosso empenho em promover a África do Sul como um destino de turismo de golfe de primeira linha. A mistura única de campos de golfe de classe mundial, paisagens deslumbrantes e experiências culturais ricas fazem da África do Sul a escolha ideal para os entusiastas do golfe e estamos estimulados por interagir com profissionais da indústria de todo o mundo”.

Por sua vez, a embaixadora da África do Sul em Portugal, Mmamokwena Gaoretelelwe, explica que a participação da África do Sul na IGTM inclui a apresentação do país como um destino de golfe de excelência, o estabelecimento de contactos com operadores turísticos internacionais de golfe e profissionais do setor e a exploração de oportunidades para atrair turistas de golfe para o país. “Trata-se de uma oportunidade para promover os campos de golfe e outras atrações turísticas da África do Sul junto de um público global”. A embaixadora defende que o país pode aspirar a posicionar-se como um destino de golfe de primeira linha, devido a “uma mistura única de campos de golfe de alto nível, beleza natural e uma gama de experiências para além do golfe”. O objetivo é atrair turistas de golfe de todo o mundo, “realçando a diversidade dos campos e a atração global da África do Sul como destino turístico e de golfe”.

Nzama acrescenta ainda que o Turismo da África do Sul tem “trabalhado diligentemente” para posicionar o país como um destino de golfe. “Com uma gama diversificada de campos de golfe que abrangem ligações costeiras e outros encaixados em montanhas e savanas pitorescas, a África do Sul oferece uma experiência de golfe sem paralelo. A responsável acrescentou que o clima ameno do país garante a possibilidade de jogar durante todo o ano, sendo os meses de verão, de novembro a março, particularmente populares entre os golfistas”.

A comissária destaca ainda o impacto económico do turismo de golfe, afirmando que “o turismo de golfe contribui significativamente para a economia local, atraindo turistas que gastam em alojamento, alimentação, transporte e outros serviços. Este aumento das receitas apoia as empresas locais e cria oportunidades de emprego, enriquecendo toda a cadeia de valor do turismo.”

Nzama também realça a importância da colaboração no setor do turismo, afirmando: “Estamos imensamente gratos pela colaboração demonstrada pelo setor do turismo no crescimento da nossa indústria. Continuamos a acolher este espírito de parceria com o setor, uma vez que colaboramos para proporcionar aos visitantes e aos viajantes nacionais o melhor que o nosso país tem para oferecer através dos nossos alojamentos de qualidade, da elevada excelência do serviço em várias experiências e dos nossos restaurantes e ofertas culinárias premiadas.”

A importância desta participação é sublinhada pelo notável crescimento das chegadas de turistas registado na África do Sul. Entre janeiro e agosto de 2023, registou-se um total de 5.473.927 chegadas, o que reflete um espantoso aumento de 63,4% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Este número realça verdadeiramente a resiliência e o apelo magnético da África do Sul como destino de viagem.

Além disso, a África do Sul continua a ser um destino preferido dos turistas europeus, com 776 430 chegadas registadas nos primeiros oito meses de 2023. Portugal, em particular, testemunhou um crescimento anual significativo na visitação, registando um aumento impressionante de 25%. Este facto é comprovado pela chegada de 10.190 visitantes portugueses durante este período, em comparação com 7.218 no período correspondente do ano anterior.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img