Quarta-feira, Julho 17, 2024
Quarta-feira, Julho 17, 2024

SIGA-NOS:

Almalusa estreia-se na Comporta

-PUB-spot_img

Composto por um hotel com 22 quartos e 31 apartamentos, o Almalusa Comporta chega ao mercado pela mão de investidores internacionais, estando localizado em pleno centro da aldeia da Comporta, escreve o Diário Imobiliário.

O hotel e os apartamentos contam com o serviço de gestão hoteleira assumido pela AlmaLusa Hotels, sendo adquiridos já totalmente mobilados e equipados, além de beneficiarem de um vasto leque de serviços e comodidades disponibilizados pelo hotel.

Todas as unidades dispõem de acesso aos serviços de alojamento e restantes serviços de concierge e atividades locais, bem como todas as áreas integradas no hotel, de todos os serviços de comidas e bebidas com um conceito saudável, e ainda acesso à sala da biblioteca/bar, parque privativo, ginásio com zona de massagens e yoga, piscina exterior e rooftop bar com vistas panorâmicas sobre a aldeia e os arrozais.

Comercializado em regime de exclusividade pela JLL, os apartamentos T1 com áreas entre os 41 m² e os 58 m² e terraços, jardins ou varandas, são concebidos como um produto de investimento e que preveem um retorno de 3% a 5% ao ano, já com todos os custos incluídos.

Para Patrícia Barão, Head of Residential da JLL Portugal, “o projeto é uma das melhores oportunidades de investimento num mercado que é cada vez mais procurado por turistas nacionais e internacionais. Trata-se de um produto que irá beneficiar de todos os serviços e comodidades de um Boutique Hotel de uma marca de referência nacional, garantindo aos proprietários dos apartamentos a segurança proporcionada por uma gestão profissional e uma boa rentabilidade através da exploração turística”.

“Na perspectiva de quem visita a Comporta, os apartamentos Almalusa permitirão ter um alojamento de grande qualidade num destino em ascensão, mas com o charme e o conforto de uma casa, proporcionando não apenas uma mera estadia, mas uma experiência personalizada”, acrescenta Patrícia Barão, salientando que “a Comporta está a posicionar-se de forma muito sólida nos roteiros turísticos internacionais e projectos como este dão um contributo determinante para afirmar a região como um destino de excelência na europa”.

A marca já detém na capital o hotel AlmaLusa Baixa/Chiado, que abriu em 2016. O hotel resulta da recuperação de um edifício pombalino do século XVIII e tem 28 quartos.

-PUB-spot_img

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img