Domingo, Maio 26, 2024
Domingo, Maio 26, 2024

SIGA-NOS:

Alojamento Local em Portugal e Espanha recupera para níveis pré-covid-19, revela estudo

O alojamento local em Portugal e Espanha já recuperou os níveis pré-covid, revela o estudo ‘Impact of Covid-19 on Tourism and Hospitality: Evidence from Airbnb’, desenvolvido pela Nova SBE em 2020 e que analisa o impacto da COVID-19 nas estadias em Alojamento Local (AL).

A análise da equipa de investigação, coordenada pelo Prof. Qiwei Han, incidiu sobre o número de reservas, preços médios e receita, nas cidades de Lisboa, Porto, Barcelona, Euskadi, Girona, Madrid, Mallorca, Menorca e Valencia e evidencia que, “apesar do turismo em Portugal e Espanha ser sazonal, com picos nos meses de verão e menos visitantes no inverno, esta mesma dinâmica não foi observada desde o início da pandemia em 2020”.

Os dados recolhidos permitem aferir que no verão de 2020, em Portugal, houve uma quebra de, em média, 2.688 reservas por dia e os anfitriões da Airbnb baixaram os seus preços, em média, até 11€ por noite o que resultou numa perda de rendimentos deste tipo de alojamento, especialmente durantes os meses de verão, de aproximadamente 212,79 milhões de euros, segundo a Airbnb.

No entanto, a partir de novembro 2021, foi observada uma forte recuperação no número de reservas, preços médios e receita face ao período homólogo de 2020. Este aumento do número de reservas revelou-se superior ao observado antes da pandemia. De acordo com a plataforma, durante este último período, os preços estabelecidos pelos anfitriões da Airbnb também aumentaram em média 19€ por noite, resultando num “impacto positivo nas receitas”, que foram mais elevadas nos meses finais de 2021 do que nesses mesmos meses em 2019.

Espanha

No que se refere a Espanha, e na sequência do anúncio da pandemia, também se verificou, entre outubro e novembro de 2020, uma quebra no número de reservas Airbnb, que resultou numa perda aproximada de 5.025 reservas diárias. De acordo com o estudo, a diminuição do número de reservas provocou uma perda de 273,34 milhões de euros no total das receitas da Airbnb em Espanha. Na sequência da flexibilização das medidas sanitárias no país, entre os meses de junho e setembro de 2021, foi possível observar uma “recuperação gradual” registando-se, nessa altura, um aumento dos preços listados em Airbnb, em média 23€ por dia, o que indicia, segundo os investigadores, uma tentativa de compensar as perdas nas receitas sofridas durante o período de restrições mais rigorosas.

Portugal com uma recuperação mais lenta do que Espanha

“As dinâmicas do turismo apresentaram padrões semelhantes em Portugal e em Espanha verificando-se em ambos os países uma recuperação nos últimos meses de 2021”, indica o estudo da Airbnb. Espanha revela uma recuperação mais rápida do que Portugal, tanto nas reservas diárias como nas receitas, atingindo no terceiro trimestre de 2021 níveis semelhantes, ou mesmo superiores, aos registados antes da pandemia. Portugal, revela uma “recuperação mais lenta” e apenas no quatro trimestre de 2021 apresenta um padrão semelhante de recuperação.

A Airbnb salienta que existe uma “diferença significativa entre os dois países”. Enquanto que em Portugal os anfitriões reagiram aos níveis mais baixos de reservas diminuindo os preços de listagem numa média de 11€ por noite, em Espanha os anfitriões atuaram em sentido inverso, aumentando os preços, ao longo de toda a pandemia, em média 23€ por noite. “No entanto, em Portugal, os anfitriões já passaram a listar preços mais altos para as suas propriedades no Airbnb, nos últimos meses de 2021”.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img