Segunda-feira, Fevereiro 26, 2024
Segunda-feira, Fevereiro 26, 2024

SIGA-NOS:

Amadeus compra portuguesa Vision-Box em negócio de 320 milhões

A Amadeus anunciou a aquisição da Vision-Box, empresa de tecnologia de viagens especializada em biometria de aviação e controlo automatizado de fronteiras, num negócio avaliado em 320 milhões de euros.

A Vision-Box, com sede em Lisboa desde a sua fundação em 2001, tem sido maioritariamente detida pelo fundo de private equity Keensight Capital desde 2015.

A conclusão desta transação, sujeita à aprovação regulamentar, está prevista para o primeiro semestre deste ano, resultando na transferência de 470 colaboradores da Vision-Box para a Amadeus, sediada em Madrid.

A Amadeus, conhecida pelos seus serviços de reserva e embarque de aviação, sistema global de distribuição (GDS) e tecnologia de capacidade de distribuição para intermediários de viagens, integra agora pela primeira vez o controlo automatizado de fronteiras com a aquisição da Vision-Box.

A Vision-Box registou um volume de negócios de 70 milhões de euros e um lucro operacional de 20 milhões de euros em 2023.

Ao anunciar o negócio, a Amadeus destacou os benefícios de proporcionar “interoperabilidade de biometria” entre aeroportos, companhias aéreas e autoridades de controlo de fronteiras.

A empresa observou que a procura por controlo automatizado de fronteiras deverá aumentar significativamente, com o mercado estimado para crescer de um valor de 48 mil milhões de dólares em 2023 para 86 mil milhões de dólares até 2028 (de 44 mil milhões de euros para 79 mil milhões de euros).

O presidente de viagens da Amadeus, Decius Valmorbida, descreveu o portefólio da Vision-Box como “profundamente complementar à nossa oferta existente para aeroportos e companhias aéreas”. “Esta aceleração da nossa abordagem de ecossistema trará benefícios imediatos e tangíveis”, defendeu.

“A biometria é uma indústria estratégica e de rápido crescimento, e as capacidades da Vision-Box permitirão acelerar o nosso crescimento nesta área”, acrescentou.

“Juntos, podemos dar o próximo grande passo na experiência de viagem, unindo todos os players e sistemas separados num único ecossistema digital integrado e orquestrado”, referiu o fundador e CEO da Vision-Box, Miguel Leitmann. Tal poderá “elevar a experiência do utilizador, o desempenho pontual e a utilização da infraestrutura a novos patamares de eficiência”, concluiu.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img