Sábado, Maio 28, 2022
Sábado, Maio 28, 2022

SIGA-NOS:

APAVT: “A procura em 2022 começa a morder os calcanhares da procura de 2019”

Pedro Costa Ferreira, presidente da APAVT, afirma que a procura em 2022 já se encontra próxima dos valores pré-pandémicos. “Os números aproximam-se, dia após dia, dos números de 2019 e há um óbvio regresso à normalidade”, defende Costa Ferreira durante a apresentação da campanha anual de comunicação da associação, que decorreu esta quarta-feira, dia 11 de maio, em Lisboa.

O presidente da Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo sublinha que, apesar do aumento dos preços que veio no seguimento da subida do preço dos combustíveis, sente um “aumento do poder de compra da parte dos consumidores”. Pedro Costa Ferreira afirma que houve “uma poupança forçada ao longo da pandemia” e, como tal, a procura este ano será “pujante”. Contrariamente, “a recuperação não será tão rápida do lado da oferta”, porque é necessário “reerguer rotas, reerguer operações charter e reabrir destinos que fecharam durante a pandemia”.

O ambiente APAVT e o setor das agências de viagens encontra-se, neste momento, “no regresso à normalidade, do ponto de vista da relação com a procura”, afirma, reforçando que “o setor vive o seu momento de mais alta credibilidade”.

O porta-voz da APAVT recorda que as agências de viagens reembolsaram quase 300 milhões de euros aos clientes que foram afetados pelos cancelamentos provocados pela pandemia. “À exceção de um caso, todos os clientes foram reembolsados”, sublinha, reforçando que “estes reembolsos estão a ser decididos na totalidade a favor dos clientes”.

Pedro Costa Ferreira aponta duas oportunidades que surgiram com a covid-19: “em primeiro lugar, ganhámos novos clientes que descobriram as agências de viagens durante a pandemia”. O presidente da associação explica que existe uma diferença entre informação e conhecimento. Apesar de existir informação online, com as restrições de viagens a mudarem diariamente, “muitos viajantes perceberam que as agências resolvem os problemas quando eles acontecem”.

Em segundo lugar, “surgiram novos potenciais clientes”. Costa Ferreira recorda que, durante a covid-19, muitos clientes reservaram férias em sistemas concorrenciais às agências de viagens e que, por esse motivo, nunca reouveram o seu dinheiro.

“Não deixe o seu sonho virar pesadelo”

A nova campanha da APAVT, criada pela agência Message in a Bottle, é destinada a promover as reservas nas agências de viagens associadas da APAVT durante o mês de maio e o início de junho, considerado o período alto das reservas para o verão deste ano. “Não deixe o seu sonho virar pesadelo”: é a mensagem central da campanha que pretende alertar para os perigos de comprar viagens online.

“É uma campanha com linguagem moderna, com meios atuais, jovem e ambiciosa. No fundo, nós sentimos que caracteriza bem as vantagens de um mundo tão incerto”, sublinha o presidente a associação.

“Quando está doente, a quem recorre? Quando precisa de conselhos jurídicos, quem consulta? Os agentes de viagens vivem 24 horas/7 dias por semana no universo das viagens. Conhecem os melhores produtos, destinos e transportes. Sabem todas as restrições e limitações e têm fontes de informação e conhecimento às quais os clientes não têm acesso”, pode ler-se no site da nova campanha da APAVT, que será difundida em vários meios, entre 11 de maio até 10 de junho.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img