Terça-feira, Dezembro 6, 2022
Terça-feira, Dezembro 6, 2022

SIGA-NOS:

APAVT diz que pré-anúncio de greves no SEF pode “arruinar o verão” e “é uma ameaça económica contra Portugal”

O pré-anúncio de greves dos funcionários do SEF nos aeroportos nacionais, entregue pelo Sindicato dos Inspetores de Investigação, Fiscalização e Fronteiras (SIIFF) ao Governo, constitui “uma óbvia ameaça económica contra Portugal, no preciso momento em que a recuperação do turismo dá os primeiros passos neste novo ciclo da crise pandémica, com os principais mercados emissores de «olhos postos» no nosso País”, considera a Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT).

«O simples pré-anúncio de greve nos aeroportos dos Açores, Madeira, Faro ou Lisboa, está já a levantar muitas questões dos principais operadores estrangeiros, designadamente do mercado britânico, que se considera como uma das tábuas de salvação na nossa atividade», afirma o presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira, citado em comunicado.

Ainda que por tempo e horários limitados, trata-se de uma ameaça que provoca a desconfiança dos mercados emissores para Portugal e cada dia que passar sem que seja desconvocada, produzirá efeitos negativos irrecuperáveis nas reservas turísticas.

Não querendo opinar sobre as razões da greve e sua eventual justiça, a APAVT apela “à rápida resolução do conflito, sem o que todos, as partes em disputa e todo o País Turístico e economia Nacional, sairão a perder”.

“Mais de um ano após o início da pandemia Covid-19, com todas as empresas do setor praticamente paralisadas, é inqualificável um aproveitamento desta natureza. A APAVT não questiona as razões, mas adverte para as nefastas consequências, que ultrapassam uma classe profissional para atingirem o setor de turismo no seu todo e, como tal, a economia de Portugal”, alerta a associação.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img