Segunda-feira, Maio 27, 2024
Segunda-feira, Maio 27, 2024

SIGA-NOS:

Associação de Hotéis Rurais: Sazonalidade é um problema com “peso muito grande” no turismo rural

O presidente da Associação Hotéis de Rurais de Portugal (AHRP) disse esta sexta-feira que o turismo rural apresenta “algumas fragilidades e dificuldades”, sendo a sazonalidade um problema que continua a ter “um peso muito grande” no setor.

“Entre 2013 e 2021, Portugal duplicou a oferta de estabelecimentos de turismo de habitação e turismo rural, com igual impacto na oferta de unidades de alojamento contribuindo com cerca de dois milhões de dormidas em 2021, quando em 1984 registou cerca de 32 mil dormidas”, afirmou Cândido Mendes, no 1º Encontro Nacional de Turismo em Espaço Rural, que decorre até sábado, na Sertã, distrito de Castelo Branco.

O presidente adiantou ainda que em 2018, o turismo rural empregava cerca de quatro mil pessoas. “O turismo rural enfrenta hoje, desde logo, os desafios da sustentabilidade, da empregabilidade e os desafios da sazonalidade e da transição digital. Trata-se de um setor que, pela sua especificidade, apresenta algumas dificuldades e fragilidades”, frisou.

A escassez de mão de obra na hotelaria tem sido sentida há vários anos, mas, segundo o presidente da AHRP, a pandemia do covid-19 intensificou ainda mais esse problema em todo o mundo. “A incerteza económica causada pela pandemia levou a uma mudança na preferência do tipo de trabalho, com muitos [trabalhadores] a optarem por indústrias consideradas mais seguras”, disse.

Cândido Mendes salientou ainda que as principais causas identificadas, a nível mundial, para a baixa atratividade, para a escolha de uma carreira na hotelaria e restauração são as jornadas de trabalho longas, salários baixos e falta de benefícios, falta de estabilidade no emprego e com muitos trabalhadores a serem contratados a prazo ou temporariamente.

“Reconhecemos que estamos perante um desafio muito grande. No nosso caso [turismo rural] o tema da empregabilidade assume ainda contornos de dificuldades acrescidas, na medida em que há dificuldade de fixar as camadas jovens nos territórios de mais baixa densidade. Por outro lado, a sazonalidade da atividade turística continua a ter um peso muito grande, não permitindo as empresas de garantir estabilidade na oferta de emprego, ao longo de todo o ano”, sustentou.

Este responsável sublinhou que o grande desafio para ajudar a diminuir a sazonalidade e os seus efeitos passa por apostas contínuas do produto turístico em mundo rural.

O trabalho em rede, a oferta de pacotes turísticos personalizados, independentemente da época do ano e a melhoria das infraestruturas turísticas são algumas das soluções apontadas pelo presidente da AHRP.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img