Quarta-feira, Abril 17, 2024
Quarta-feira, Abril 17, 2024

SIGA-NOS:

Caraíbas registam 32,3 milhões de turistas em 2023

As Caraíbas registaram, em 2023, um total de 32,3 milhões de turistas internacionais, o que representa um aumento de 14,3% face a 2022 e 0,8% em relação a 2019, revelou a Organização de Turismo das Caraíbas (CTO).

De acordo com a organização, os Estados Unidos são o “único mercado de origem totalmente recuperado”, representando cerca de 50% das chegadas no ano passado. A previsão para 2024 é “aumentar as chegadas em 5-10%”, conforme anunciado pela entidade.

Desta forma, os destinos caribenhos receberam, em 2023, mais 4 milhões de turistas que em 2022. “Cada mês superou as chegadas do ano anterior, estabelecendo uma tendência de crescimento contínuo nos últimos 33 meses”, disse Dona Regis-Prosper, secretária-geral do CTO.

A responsável atribuiu o resultado à “procura sustentada de viagens a partir dos EUA, à melhoria das infraestruturas nos destinos, à realização de iniciativas de marketing estratégico e ao aumento da capacidade de transportes aéreos entre a região e os seus mercados de origem”.

Alguns destes destinos também registaram recordes de chegadas de turistas, como a República Dominicana, que ultrapassou a marca dos 10 milhões.

Os mercados emissores mais importantes para as Caraíbas

Os Estados Unidos, o Canadá e a Europa são os mercados de origem mais importantes para as Caraíbas, mas apenas os Estados Unidos “recuperaram totalmente”. As taxas de recuperação das chegadas da Europa e do Canadá atingiram 88,2% e 88,1%, respetivamente.

Segundo a organização, o Canadá contribuiu com 3 milhões de turistas em 2023, mais 46,1% que em 2022, graças ao “aumento do serviço aéreo a partir das principais cidades canadianas”. No caso da Europa, as viagens “estagnaram” no ano passado, com cerca de 5,2 milhões.

Setor hoteleiro regista “reviravolta notável”

Em conformidade com a recuperação das viagens internacionais, o setor hoteleiro das Caraíbas também registou uma “reviravolta notável” em 2023, incluindo a abertura de novos hotéis e resorts.

Os dados STR citados pela Organização de Turismo das Caraíbas citam uma ocupação hoteleira de 65,6% em 2023, contra 61% no ano anterior. Ao mesmo tempo, a taxa média diária (ADR) registou um aumento significativo de 11,8%, com a ADR da região a atingir 329,37 dólares (cerca de 302 euros), enquanto a receita por quarto disponível (RevPAR) disparou 20,2% para 215,97 dólares (cerca de 198 euros).

Perspetivas para 2024

“As perspetivas para as Caraíbas parecem muito promissoras, com mais destinos regionais preparados para igualar ou exceder os números de chegadas registados em 2019. Espera-se que o crescimento varie entre 5% e 10%”, afirmou Kenneth Bryan, presidente do Conselho de Ministros e Comissários de Turismo da Organização de Turismo do Caribe.

Para 2024, estima-se que as Caraíbas recebam entre 33,8 milhões e 35,4 milhões de turistas internacionais.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img