Segunda-feira, Agosto 8, 2022
Segunda-feira, Agosto 8, 2022

SIGA-NOS:

Clean & Safe 2022 funciona como “instrumento de apoio às empresas na gestão de crises”

A nova versão do Selo Clean & Safe, disponibilizada desde a passada quarta-feira, dia 15 de junho, vem reforçar “a importante função de instrumento de apoio às empresas e dá resposta às necessidades sentidas pelas mesmas na forma como lidam com situações de crise”, de acordo com o Turismo de Portugal. Partindo dos mecanismos e das ferramentas já desenvolvidos para as anteriores versões, são agora incorporadas dimensões e especificidades que irão “permitir informar e capacitar as empresas para a gestão de crises de origens diversas que possam afetar a confiança dos turistas”.

Em comunicado de imprensa, o Turismo de Portugal informa que na versão atualizada do Selo Clean & Safe e, num momento em que os procedimentos higieno-sanitários decorrentes da situação pandémica estão já “perfeitamente incorporados pelas empresas e entidades aderentes”, pretende-se evoluir disponibilizando informação sobre outras potenciais crises de saúde pública.

A nova versão adiciona, também, “uma nova dimensão de segurança transversal às atividades turísticas”, abrangendo possíveis situações de risco decorrentes de fenómenos extremos ou riscos coletivos (tais como incêndios rurais, inundações, sismos ou tsunamis) e de constrangimentos internacionais (cibersegurança, repatriamentos, refugiados), “dando assim resposta à solicitação de inúmeras empresas”.

O Selo Clean & Safe continua opcional e gratuito, sendo válido por mais dois anos, até 14 de junho de 2024. A renovação da adesão é automática para as empresas já aderentes, que passam assim a dispor de planos e guias que contribuirão para a sua capacitação nestes domínios.

O Turismo de Portugal refere que promoverá, gratuitamente, a formação sugerida às empresas para a implementação das medidas e dos planos de ação associados à nova versão do selo. Em resultado da parceria estabelecida com entidades especializadas como a NOVA Medical School, a AGIF – Agência Gestão Incêndios Rurais e a Autoridade Nacional Emergência e Proteção Civil, está disponível para os aderentes, na plataforma portugalcleanandsafe.com, a informação necessária, incluindo modelos de planos de ação, guias e documentos técnicos de apoio.

Segundo o comunicado, o Turismo de Portugal e os seus parceiros continuarão a realizar auditorias aos estabelecimentos aderentes, quando tal se justifique, garantindo a monitorização do seu desempenho Clean & Safe e ajudando-os a melhorar os seus procedimentos nas áreas agora abrangidas pelo Selo.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img