Segunda-feira, Julho 22, 2024
Segunda-feira, Julho 22, 2024

SIGA-NOS:

CLIA antecipa 36 milhões de passageiros de cruzeiros em 2024

-PUB-spot_img

A procura de cruzeiros pela Europa registou um aumento de 32,9% em 2023. Entre os portos de cruzeiros mais procurados pelos viajantes, destacam-se, sobretudo, os portos de Lisboa, Barcelona e Southampton. Após um aumento de 14% em 2023, são esperados 36 milhões de passageiros de cruzeiros em todo o mundo em 2024, de acordo com um relatório da Cruise Lines International Association (CLIA).

Este crescimento de passageiros faz com que alguns destinos estejam a registar um “grande aumento no tráfego de cruzeiros”, comparativamente a 2022 e 2023, segundo os dados publicados pela Iglu Cruise, que revelam ainda um aumento de tráfego de 592% na América do Norte, 253% em África e 33% nas Ilhas Britânicas.

América do Norte

A Florida, em Miami, continua a ser o porto de cruzeiros mais movimentado do mundo, com mais de cinco milhões de visitantes por ano, incluindo embarques, desembarques e escalas. Além disso, o Porto Canaveral, na Florida, é o segundo porto mais visitado do mundo, com mais de 4,3 milhões de visitantes por ano. Em paralelo, a ilha mexicana de Cozumel ocupa o terceiro lugar, com mais de 3,8 milhões de visitantes.

Adicionalmente, locais como o Canadá e o Alasca também registaram um aumento na procura, de acordo com os dados divulgados pelo Google Trends.

África

A Lonely Planet nomeou, recentemente, a África do Sul como um dos melhores países para visitar em 2024 no seu relatório Best in Travel. Os portos mais visitados do continente são a Cidade do Cabo, Port Elizabeth e Durban.

Por sua vez, os dados do Google Trends mostram um aumento de 80% na procura pelo termo “Africa Cruise”. Marrocos também faz parte da lista do guia de viagens, com as Dunas de Erk Chebbi e o Monte Jebel Toubkal a registarem um aumento na procura.

Ártico

As tendências de cruzeiros no Ártico aumentaram 201,3% em 2023. O Círculo Polar Ártico e, especificamente, as Luzes do Norte têm vindo a crescer de forma constante como “aspirações máximas dos cruzeiristas nesta área”, que agora também incluem a observação de estrelas. Os portos mais visitados são Alesund, Bergen e Tromso.

A Noruega, a Islândia e a Gronelândia são alguns dos destinos que registaram um aumento na procura de cruzeiros.

América do Sul

A América do Sul registou um aumento de 149,1% na procura de cruzeiros em 2023, comparativamente a 2022. De acordo com os dados registados, destinos como as Ilhas Galápagos e as Cataratas do Iguaçu podem ser a razão deste aumento.

Ásia

Nos cruzeiros de longo curso, a procura de cruzeiros na Ásia aumentou 98,5% em 2023. Em particular, “os nossos cruzeiros e excursões intensivos no Japão são os mais vendidos. O Monte Fiji e as excursões pela cidade de Tóquio são os grandes vendedores”, afirma a Iglu Cruises. Em geral, os portos que recebem mais visitantes do continente são Kuala Lumpur, Tóquio e Hong Kong.

Médio Oriente

No Médio Oriente, a procura de cruzeiros aumentou 90,6% em 2023. A antiga cidade de Petra, o Burj Khalifa, a Fonte do Dubai e o Centro da Grande Mesquita Sheik Zayed estão entre as atrações do Médio Oriente que receberam, recentemente, o prémio The Travellers Choice Best of the Best no TripAdvisor em 2023.

Caraíbas

As tendências dos cruzeiros nas Caraíbas aumentaram 58,8% e a procura de cruzeiros transatlânticos aumentou 45,9%. A região continua a ser o principal destino para os visitantes de cruzeiros, de acordo com o Relatório CLIA, com mais de 15 milhões de visitantes em 2022. Nassau, a capital das Bahamas, é também o quinto porto mais visitado do mundo, com mais de 3,3 milhões de visitantes. Cozumel, Philipsburg e Charlotte Amalie também se destacam.

Europa

No caso da Europa, a procura de cruzeiros registou um aumento de 32,9%. Destacam-se, sobretudo, os portos de Southampton, Barcelona e Lisboa. Em particular, Barcelona é o sétimo porto mais visitado do mundo e o primeiro da Europa, com mais de 2,5 milhões de visitantes por ano.

De acordo com o relatório sobre o Estado da Indústria de Cruzeiros da CLIA, o Norte da Europa é o segundo local mais visitado pelos viajantes de cruzeiros, seguido do Mediterrâneo Oriental, em sexto lugar.

Ilhas Britânicas

As tendências de cruzeiros nas Ilhas Britânicas aumentaram 33,3% em 2023. “Vemos a mesma procura na Europa refletida nas Ilhas Britânicas. Descobrimos que a procura de cruzeiros costeiros no Reino Unido, que atingiu um pico de necessidade em 2021, tem sido sustentada ano após ano desde então”, explica a Iglu Cruise.

Os dados do Governo do Reino Unido sugerem que mais de dois milhões de passageiros de cruzeiros visitam as Ilhas Britânicas todos os anos, com 89% deles a passar por Southampton. Desde a pandemia, também se registou um aumento da procura de cruzeiros sem voos.

-PUB-spot_img

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img