Sexta-feira, Junho 14, 2024
Sexta-feira, Junho 14, 2024

SIGA-NOS:

Costa Rica recupera metade dos viajantes, um ano após a reabertura

Um ano após a reabertura das fronteiras aéreas, a Costa Rica recuperou metade dos viajantes que chegaram ao país antes da pandemia, informou esta quinta feira, dia 12 de agosto, o Instituto de Turismo da Costa Rica.

Entre agosto de 2020 e julho de 2021, chegaram à Costa Rica 766 mil turistas, o que representa 49% do número de visitantes do mesmo período do ano anterior.

Os Estados Unidos consolidam-se como o principal motor para a recuperação de turistas (via aérea) com a entrada de 549.752 visitantes, seguidos pela Europa, com 110.907. 

No âmbito da abertura progressiva da Costa Rica, o país permite, desde 1 de agosto, que menores de 18 anos e turistas totalmente vacinados entrem no território sem seguro viagem.

As vacinas aceites são a Moderna, a Pfizer-BioNTech, a AstraZeneca e a Johnson & Johnson. A última dose da vacina deve ter sido aplicada, pelo menos, 14 dias antes da chegada à Costa Rica. Como comprovativo, são aceites certificados de vacinação e cartões que contenham o nome da pessoa que recebeu a vacina, a data de cada dose e a empresa farmacêutica. Para viajantes dos EUA, serão aceites “Cartões de Registo de Vacinação COVID-19”.

“À medida que a vacinação avança em mercados prioritários para o turismo da Costa Rica, e em benefício da reativação das viagens internacionais, é importante flexibilizar os requisitos para pessoas que não representam um alto risco de doenças graves ou de hospitalização”, afirma o ministro do turismo Gustavo J. Segura.

O país continuará a exigir que cada turista, independentemente da idade ou da situação de vacinação, preencha o formulário epidemiológico denominado “Passe de Saúde”, pelo menos 72 horas antes da viagem. Os vacinados devem anexar ao formulário o certificado, cartão ou “Cartão de Registo de Vacinação COVID-19”.

A Costa Rica espera terminar o ano com um número estimado entre 1 milhão e 1,2 milhão de turistas, sendo um dos poucos países do mundo totalmente aberto e onde nem o teste PCR negativo nem a quarentena são necessários para entrar.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img