Quarta-feira, Agosto 10, 2022
Quarta-feira, Agosto 10, 2022

SIGA-NOS:

Depois de França, Espanha também pode vir a proibir voos de 2 horas e meia

O presidente do Governo de Espanha, Pedro Sánchez , apresentou esta quinta-feira, dia 20 de maio, o plano ‘Espanha 2050 ‘, que inclui a recomendação de proibir os voos nas viagens que podem ser feitas em comboio em menos de duas horas e meia.

De acordo com a imprensa espanhola, o objetivo desta medida é reduzir o impacto ambiental do transporte aéreo. “Uma Espanha mais eficiente, digital, verde e justa. Esse é o nosso projeto de país e é possível alcançá-lo. A estratégia que apresentamos inclui 50 objetivos, cerca de 9 desafios, que devemos cumprir para nos consolidarmos como um dos países mais avançados da Europa “, destacou Sánchez, citado pela Hosteltur.

Especificamente no transporte aéreo, o documento, que tem como horizonte temporal 2050, também prevê a introdução de uma tarifa de passageiro frequente ou o estabelecimento de taxas sobre as passagens aéreas de acordo com a proximidade do destino, “o que ajudaria a limitar as suas externalidades negativas e a aproximar o seu tratamento tributário ao de outros meios de transporte”.

Além disso, os especialistas defendem a proibição de voos nessas rotas que podem ser feitas de comboio em menos de duas horas e meia.

O site espanhol refere que a proibição não afetaria o transporte aéreo entre Madrid e Barcelona, ​​uma vez que, atualmente, esse trajeto pode ser feito em Alta Velocidade (AVE) em duas horas e meia ou mais (dependendo do bilhete escolhido). Também afetaria as viagens entre as cidades de Madrid e Málaga ou Madrid e Sevilha, mas afetaria as viagens que acontecem entre Madrid e Valência, já que atualmente essa viagem pode ser feita em menos de duas horas por AVE.

Recorde-se que também que o parlamento francês já aprovou a proibição de voos domésticos em rotas que podem ser percorridas por comboio em menos de duas horas e meia.

A medida faz parte de um projeto de lei climático mais amplo que visa cortar as emissões de carbono de França em 40% em 2030.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img