Sábado, Junho 15, 2024
Sábado, Junho 15, 2024

SIGA-NOS:

ESHTE celebra 33.º aniversário com assinatura de novos protocolos

A Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril (ESHTE) celebra o seu 33.º aniversário com a formalização de colaborações com diversas entidades. Entre estas destacam-se a multinacional francesa Lactalis, através das suas subsidiárias Lactalis Portugal e Parmalat Portugal, a Agenda Mobilizadora InsectERA, o Instituto Politécnico de Bragança e a marca Terras de Cascais, nas áreas de produção alimentar em restauração e gastronomia.

“Celebrando as conquistas do passado e projetando um futuro de contínua projeção nacional e internacional, a instituição aposta, entre outras dimensões, na celebração de protocolos com outras entidades de relevo”, indica a escola em comunicado.

Recentemente, foram estabelecidas as bases formais para a colaboração com a multinacional francesa Lactalis, “o maior grupo mundial de laticínios”, através das suas subsidiárias Lactalis Portugal e Parmalat Portugal. Este protocolo inclui a formação de equipas internas e/ou externas à empresa, o desenvolvimento de conteúdos e projetos colaborativos de Investigação e Desenvolvimento (I&D), entre outros parâmetros.

Além disso, a ESHTE firmou acordos nas áreas de produção alimentar em restauração e gastronomia com a Agenda Mobilizadora InsectERA, o Instituto Politécnico de Bragança e a marca Terras de Cascais. Segundo comunicado, estes protocolos visam explorar diversas oportunidades, desde a utilização de insetos como fonte nutricional alternativa saudável e sustentável até ao aproveitamento de excedentes de produção agrícola e ao desenvolvimento de novos produtos alimentares.

A primeira escola superior de hotelaria e turismo do país, sob a tutela do Ministério da Educação, Ciência e Inovação, conta atualmente com cerca de 2.000 estudantes – entre frequentadores de Licenciaturas, Formações Avançadas, Mestrados, Doutoramento em parceria e Cursos PRR – e tem realizado sucessivos investimentos na melhoria das instalações. Nesse capítulo, a ESHTE irá beneficiar da utilização dos espaços disponíveis no inovador Centro de Incubação de Base Tecnológica (CIBT), recentemente inaugurado, “garantindo melhores condições de trabalho para os cerca de 150 docentes”, sublinha a instituição.

“Ao longo destes 33 anos de história, a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril tem desempenhado um papel fundamental no desenvolvimento do cluster do turismo, da hotelaria e da restauração, fruto de uma riqueza que tem sabido potenciar, e tem sido um farol de conhecimento e de competência, como atesta aliás a certificação dos nossos cursos pela Organização Mundial de Turismo. Está nesta altura em marcha o processo de reformulação de todos os cursos da ESHTE, de licenciaturas e mestrados, para nos mantermos na vanguarda e continuarmos a providenciar uma formação de excelência”, explicou João Reis, vice-presidente da instituição, durante as comemorações do 33.º aniversário.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img