Segunda-feira, Agosto 8, 2022
Segunda-feira, Agosto 8, 2022

SIGA-NOS:

Estes são os destinos para os quais os franceses estão a viajar

Com restrições de viagens ainda em vigor, sem surpresas, França continental lidera a opção de escolhas dos destinos para os quais os franceses viajaram no mês de junho (+ 57%), seguindo-se a Grécia (+ 88%), que definitivamente venceu a batalha pela atenção dos turistas, ao iniciar sua temporada turística muito cedo. Espanha surge em terceiro lugar (+ 102%), é a outra vencedora do sul da Europa.

Por outro lado, Itália (-17%) e especialmente a Tunísia (-48%) apresentam desempenho inferior em relação à média dos destinos de médio curso, assim como Portugal, que surge no sexto do lugar mas com uma diminuição face às escolhas do mercado francês (-7%) em junho. Os dados são do barómetro do site de notícias L’Echo Touristique.

De acordo com a pesquisa, as vendas de viagens por agências aumentaram 6% em junho de 2021, em relação a junho de 2019. Esta é a primeira vez que o volume de negócios acumulado da distribuição francesa aumentou em dois anos, desde o início da crise pandémica em março de 2020. “Esta forte melhoria não será, no entanto, capaz de compensar o atraso acumulado desde o início do ano. Especialmente porque a variante Delta e as novas restrições que está a gerar”.

Destinos de longa distância representa apenas 7% das vendas

A República Dominicana e os Emirados Árabes Unidos (Dubai) representam os dois primeiros destinos de longa distância paraos quais os franceses viajaram em junho de 2021. Apesar de estarem na classificação “laranja” para governo francês, isso não desacelerou as intenções de viagens dos franceses.

No entanto, globalmente, países de longa distância acumulam apenas 7% das vendas, contra 16% em junho de 2019. Marrocos, Turquia e Maurícias mostram as quedas mais notáveis, de pelo menos 50%, ainda em dois anos.

Todos os meses, o barómetro é produzido pela plataforma Orchestra para o L’Echo Tourisme, os dados correspondem às vendas dos operadores turísticos efetuadas em agências francesas offline e online.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img