Sábado, Abril 20, 2024
Sábado, Abril 20, 2024

SIGA-NOS:

Futuroscope vai ter novo parque temático aquático Aquascope

O Futuroscope está a construir o seu mais recente parque aquático, Aquascope, com abertura prevista para a primavera de 2024. O novo projeto, que tem como objetivo atrair 2,5 milhões de pessoas por ano, resulta de um investimento superior a 50 milhões de euros.

“Com o Aquascope, temos como objetivos atrair visitantes de outros países e por um longo período de tempo”, afirma Rodolphe Bouin, presidente do Conselho de Administração do Futuroscope.

Depois da inauguração da montanha-russa Objectif Mars, a abertura do hotel imersivo Station Cosmos e o lançamento do premiado Tornado Hunters, o Aquascope é o novo espaço, explorado pela Compagnie des Alpes, que junta a tecnologia digital e a água com o objetivo de “incentivar a imersão”.

O espaço será dividido em três áreas distintas, incluindo a área de “imersão”, com cinema aquático, cartografia e aquagrafia, a área de “sensações” que engloba a chegada dos escorregas Aquascope, bem como a sua piscina de ondas e, por fim, o lugar de “entretenimento” que será constituído com atrações destinadas aos visitantes mais jovens.

No total, o parque, que contará igualmente com uma zona exterior, terá uma superfície de cerca de 6.000 m², com uma capacidade máxima de 1700 pessoas em simultâneo.

O Aquascope, cuja visita é estimada em meio dia, tem como intuito promover estadias mais longas nos dois novos hotéis previstos no âmbito da expansão Station Cosmos e Ecolodgee. “Antes da crise sanitária, o Futuroscope recebia 1,8 milhões de visitantes por ano. No final do nosso plano, intitulado de Visão 2025, esperamos atrair cerca de 2,5 milhões de pessoas”, afirma Rodolphe Bouin, presidente do Conselho de Administração do Futuroscope.

Com a mesma linha ambientalista dos projetos da Compagnie des Alpes, o Aquascope não foge à regra, pois foi pensado para que o parque pudesse funcionar com energia geotérmica, jardins filtrantes e bombas de última geração.

“Por exemplo, a Agência Regional de Saúde exige que descarreguemos 3 litros de água por visitante e por dia nos esgotos. Decidimos filtrar esta água, utilizando jardins naturais, para que possa ser reutilizada nas zonas aquáticas do Ecolodgee, o nosso novo hotel”, explica Quentin Duport, gestor de projeto do Futuroscope. Com 450 mil visitantes esperados por ano, o Aquascope irá reciclar mais de 1.350 milhões de litros de águas residuais para a utilização de outras instalações do parque temático.

O novo projeto irá gerar 85 postos de trabalho a tempo inteiro no departamento de Vienne, que continua a ser o proprietário da marca Futuroscope e do terreno onde se situa o complexo.

“O Ecolodgee, o Aquascope e a nova atração que abriremos em 2025 levarão o Futuroscope a uma outra dimensão”, afirma Rodolphe Bouin. Com o projeto, a marca espera aumentar o seu volume de negócios em 75%.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img