Quarta-feira, Agosto 10, 2022
Quarta-feira, Agosto 10, 2022

SIGA-NOS:

Governo britânico decide no final da semana se elimina quarentena para viajantes vacinados dos EUA e UE

Inglaterra pode reabrir suas fronteiras para chegadas de passageiros totalmente vacinadas da União Europeia (UE) e dos EUA, sem quarentena, já na próxima semana.

Segundo o The Times , os ministros devem discutir os planos esta quarta-feira (28 de julho) com Boris Johnson preocupado com o progresso da União Europeia em viabilizar viagens internacionais em comparação com o Reino Unido

De acordo com as regras atuais do Reino Unido, os viajantes que chegam de países da lista âmbar devem ter sido totalmente submetidos ao programa de vacinação do Reino Unido para evitar o auto-isolamento.

Sucesso de projeto piloto em Heatrow permite retirar quarentena a cidadãos dos EUA e da UE vacinados

Entretanto, os resultados de um teste de 10 dias organizado conjuntamente pelo aeroporto de Heathrow, a British Airways e a Virgin Atlantic demonstram que certificados de vacinação internacionalmente reconhecidos podem ser verificados de forma rápida e fácil, sem ser necessário fazê-lo no controlo de fronteira.

Cerca de 250 participantes voluntários totalmente vacinados em voos dos EUA, Caraíbas e Europa para o aeroporto de Heathrow, em Londres, apresentaram o certificado de vacinação Covid-19 em formato digital ou papel, com 99% das credenciais corretamente verificadas.

A isenção de quarentena para chegadas de passageiros totalmente vacinados de países da lista âmbar está atualmente limitada a vacinas administradas pelas autoridades do Reino Unido, o que significa que o Reino Unido está “a ficar para trás em relação à União Europeia e e dificultar a sua própria recuperação econémica, com cidadãos dos nossos maiores parceiros comerciais incapazes de evitar a quarentena”, refere o comunicado da British Airways.

“Isso significa que, apesar do progresso da vacinação no Reino Unido, o país ficou para trás em relação aos vizinhos da UE. Estender a isenção atual para viajantes totalmente vacinados no Reino Unido àqueles totalmente vacinados nos EUA e na UE permitiria ao Reino Unido alcançar os outros mercados importantes”. Os dados mais recentes da indústria mostram que a procura de passageiros dos EUA e da UE recuperou um terço para os níveis pré-pandêmicos desde que a isenção foi anunciada para os viajantes dos EUA, em comparação com a procura dos EUA e do Reino Unido, que permanece em apenas um quinto dos níveis pré-pandêmicos.

Como parte do teste de 10 dias, os clientes totalmente vacinados em voos selecionados de Los Angeles, Nova York, Montego Bay e Atenas concordaram em partilhar o seu certificado de vacinação no aeroporto de partida. Credenciais de vacinação reconhecidas internacionalmente, incluindo os certificados CDC (EUA) e o certificado digital da UE estavam entre as credenciais de vacinação mais populares usadas pelos 250 clientes que participaram do teste, juntamente com os certificados do NHS (Reino Unido).

Sean Doyle, CEO e presidente da British Airways, afirma: “Estamos confiantes que este teste-piloto fornece a evidência de que o governo precisa para permitir que clientes totalmente vacinados de países de baixo risco entrem no Reino Unido, sabendo que é possível fazê-lo de maneira tranquila e segura. O Reino Unido precisa reabrir com segurança as suas fronteiras o mais rápido possível.”

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img