Terça-feira, Fevereiro 27, 2024
Terça-feira, Fevereiro 27, 2024

SIGA-NOS:

Governo dos Açores quer “turismo todo o ano em todas as ilhas”

O Governo Regional dos Açores disse esta sexta-feira que pretende “mitigar a sazonalidade” e ter “turismo todo o ano em todas as ilhas”, como está previsto no Plano Estratégico e de Marketing para o Turismo até 2030.

“O principal [desafio para a região], no nosso ponto de vista, é aquilo que eu considero ter turismo todo o ano em todas as ilhas”, disse à agência Lusa a secretária do Turismo, Mobilidade e Infraestruturas dos Açores.

Berta Cabral falava na sede daquele departamento governamental, em Ponta Delgada, onde presidiu a uma reunião do Conselho Consultivo para a Sustentabilidade do Destino Turístico Açores.

Segundo a governante, o executivo açoriano (PSD/CDS-PP/PPM) pretende “mitigar a sazonalidade” para que possa existir “um turismo muito mais regular e bem distribuído ao longo de todo o ano, em todas as ilhas”.

“Essa distribuição dentro de cada ilha e a distribuição pelas nove ilhas é a grande chave para não termos turismo de massas. Não é isso que nós desejamos. Nós desejamos turismo de qualidade, turismo que deixe cá mais-valia, um turismo educado para a sustentabilidade”, declarou.

Berta Cabral lembrou que os Açores são “líderes mundiais no desenvolvimento sustentável”, com reconhecimento pela EarthCheck, o que é motivo de satisfação e congratulação.

No discurso proferido na abertura da reunião anual do Conselho Consultivo para a Sustentabilidade do Destino Turístico Açores, a social-democrata reafirmou que o Governo Regional “encara o desenvolvimento sustentável e, em particular, a sustentabilidade do turismo como um tema de vital importância para o futuro da região”.

“Contar convosco na defesa e na reflexão sobre esta causa é, por isso, um motivo de particular satisfação, demonstrando que é possível mobilizar entidades públicas, privadas e associativas para uma atuação conjunta em prol de objetivos estruturais”, disse, dirigindo-se aos elementos que integram aquele órgão.

Berta Cabral salientou que uma das atribuições do Conselho Consultivo é o acompanhamento e o envolvimento no processo de certificação dos Açores como Destino Turístico Sustentável e realçou que o objetivo é “atingir o Nível de Ouro em 2024”.

“Atualmente, estamos certificados com Nível III Prata e almejamos conquistar o Nível IV ainda este ano, após o respetivo processo de auditoria pela entidade certificadora EarthCheck, previsto para outubro”, disse.

E prosseguiu: “Conseguir esse objetivo será o reconhecimento formal do compromisso convicto, empenhado e diariamente implementado pela Região Autónoma dos Açores na defesa intransigente do equilíbrio perene das nossas dimensões económicas, sociais, ambientais e culturais.”

A secretaria regional é subscritora da “Cartilha de Sustentabilidade dos Açores”, que, entre outros aspetos, define a criação de soluções alternativas para a visitação a locais de elevado interesse turístico.

Berta Cabral lembrou, a propósito, a recente implementação do ‘shuttle’ de acesso à área de visitação do Vulcão do Fogo, “uma medida pioneira nos Açores, que se poderá estender a outros locais e que permitirá uma visitação mais sustentável a uma das joias da coroa do turismo regional, reduzindo a pressão sobre as estradas e minimizando a pegada de carbono”.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img