Quinta-feira, Julho 18, 2024
Quinta-feira, Julho 18, 2024

SIGA-NOS:

Hotéis algarvios aderentes ao selo “Save Water” reduzem consumo de água em 12%

-PUB-spot_img

Mais de 60 empreendimentos turísticos da região do Algarve, que aderiram ao selo de eficiência hídrica “Save Water”, reduziram em 12% o consumo global de água entre janeiro e maio, segundo o relatório anunciado no passado dia 29 de junho.

“A evolução registada indicia uma redução nos consumos de 12% no consumo global e de 9% no consumo específico. A poupança de água alcançada contribui para mitigar o problema de escassez hídrica no Algarve e representará uma poupança financeira direta para os empreendimentos turísticos”, refere o primeiro relatório de monitorização do projeto, divulgado pela ADENE – Agência para a Energia.

O selo de eficiência hídrica aplicável aos hotéis e empreendimentos turísticos, uma medida coordenada pela Região de Turismo do Algarve (RTA), em articulação com o Turismo de Portugal e com a ADENE, agência responsável por diversas iniciativas no domínio da eficiência hídrica, resultou de uma resolução de fevereiro do anterior Governo, que veio reconhecer a situação de alerta no Algarve por motivo de seca.

Uma nova resolução, publicada em 21 de junho no Diário da República, veio revogar a anterior e, mantendo a situação de alerta, alargar o âmbito de aplicação do selo a outras atividades: alojamento local, restauração, empresas de animação turística e rent-a-car.

As restrições impostas ao consumo de água no Algarve passaram de 25% para 13% na agricultura, de 15% para 13% no setor turístico e de 15% para 10% no setor urbano.

Os dados que foram reportados por 62 dos empreendimentos aderentes revelam que o consumo total de água no período de janeiro a maio de 2024 foi de 311.860 m³, menos 12% do que no período homólogo do ano anterior (354.937 m3).

O consumo específico, com dados reportados por 59 empreendimentos, reduziu-se em 9%, de 0,40 m³ por dormida entre janeiro e maio de 2023 para 0,35m³ por dormida no mesmo período deste ano.

Segundo a ADENE, entre 18 de março e 31 de maio, aderiram à plataforma “Compromisso com a Eficiência Hídrica” 85 empreendimentos turísticos, maioritariamente hotéis, de um total de 650 registados na região, estando a ser implementadas mais de 2.000 medidas.

Cerca de 60% dos aderentes encontram-se nos concelhos de Albufeira, Loulé, Portimão e Lagos. A maior parte dos aderentes está equipada com piscina e rega, sendo que 60% dos aderentes têm um spa, enquanto menos de 10% têm campo de golfe.

O relatório considera “positiva” a melhoria da informação sobre os consumos do setor do turismo do Algarve, “possibilitando a formulação de políticas mais ajustadas e direcionadas aos diferentes setores”. Este recomenda a “intensificação do esforço de divulgação, com vista a um incremento” da adesão voluntária à iniciativa.

A atribuição do selo “Save Water” decorre da adesão voluntária dos empreendimentos turísticos ao “Compromisso com a Eficiência Hídrica”, envolvendo a adoção de um plano de ação para a eficiência hídrica. Este tem de contemplar a implementação faseada de, pelo menos, 30 das 60 medidas de eficiência hídrica elencadas e o registo numa plataforma online do progresso na sua execução e dos consumos de água registados em 2023 e 2024.

Os empreendimentos turísticos do Algarve que queiram aderir a esta iniciativa têm à sua disposição uma linha de apoio específica de 10 milhões de euros para apoiar a execução dessas medidas.

-PUB-spot_img

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img