Segunda-feira, Julho 15, 2024
Segunda-feira, Julho 15, 2024

SIGA-NOS:

Hotéis em risco de perderem mercado chinês por não reativarem canais de vendas específicos, alerta DidaTravel

-PUB-spot_img

A DidaTravel, uma empresa global de distribuição de viagens orientada para a tecnologia, fez um alerta sobre o risco que os hotéis ocidentais correm ao não reativarem os seus canais de vendas e marketing direcionados para o mercado chinês, o que poderá resultar “na perda de quota de mercado”.

A empresa salientou que os hotéis ocidentais perderam uma grande oportunidade ao não promoverem ativamente as suas propriedades antes do Festival Chinês do Meio Outono, que está a decorrer esta semana. Historicamente, este período é um dos mais movimentados para o turismo emissor, uma vez que inclui o Festival do Meio Outono e o Dia Nacional da China, ambos feriados nacionais. Muitos cidadãos chineses aproveitam esta ocasião para combinar os dias de feriado com as férias do trabalho, tirando uma semana de descanso.

Embora o mercado de turismo emissor da China ainda não tenha recuperado totalmente dos impactos da pandemia, a DidaTravel defende que o Festival do Meio Outono deste ano poderia ter sido uma oportunidade valiosa para os hotéis ocidentais se promoverem ativamente junto do público chinês, posicionando-se favoravelmente para a recuperação.

Eric Zhuang, Diretor de Estratégia da DidaTravel, comentou que “este período do Festival do Meio Outono representou uma oportunidade significativa perdida para a maioria dos hotéis ocidentais, já que muitos ainda não retomaram as suas iniciativas de vendas e marketing direcionadas aos viajantes chineses. Ao não o fazerem, estão, essencialmente, a arriscar perder a oportunidade de recuperação que já está em curso, permitindo que os concorrentes conquistem a sua quota de mercado.”

No entanto, Eric Zhuang também destacou que reativar as vendas na China requer mais do que simplesmente recontratar equipas de vendas e marketing que falem chinês. O responsável observou que “a tecnologia desempenha um papel cada vez mais crucial para atingir os viajantes chineses através dos canais de distribuição de vendas B2B2C, e essas soluções tecnológicas avançaram consideravelmente desde 2019. Isto requer mais do que apenas voltar a utilizar as suas soluções tecnológicas antigas e é importante salientar que a natureza do mercado de vendas local também mudou. Muitos vendedores B2B2C estão agora a vender de uma forma muito diferente e, portanto, exigem diferentes tipos de conteúdo e preços.”

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img