Domingo, Agosto 14, 2022
Domingo, Agosto 14, 2022

SIGA-NOS:

Ilha de Samui reabre gradualmente ao turismo

Depois de Phuket, a Ilha de Samui está a reabrir gradualmente com base num plano definido pelo governo tailandês. A partir de 15 de julho, o programa “Samui Plus” irá cobrir áreas e rotas específicas nas três ilhas da província de Surat Thani, uma cidade do Sul da Tailândia: Ko Samui, Ko Pha-ngan e Ko Tao.

Para os viajantes poderem viajar para estes destinos têm de estar totalmente vacinados com uma vacina aprovada pelo Ministério de Saúde Pública da Tailândia (MoPH) ou pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o passaporte com validade mínima de 6 meses, terem origem num país aprovado pelo Centro de Administração da Situação Covid-19 (CCSA) onde tenham estado há mais de 21 dias, terem reservado e efetuado o pagamento do alojamento e requerido os respetivos testes RT-PCR num hotel ALQ ou SHA Plus, o teste PCR tem de ser feito e estar negativo o mais tardar 72 horas antes da viagem, o último requisito referido pela entidade passa pela aquisição de um seguro médico com cobertura de tratamento Covid-19 de, pelo menos, $100.000. Além disto os visitantes terão ainda que solicitar um Certificado de Entrada, este pedido leva cerca de 3 dias úteis a processar pela Embaixada da Tailândia em Lisboa. 

As deslocações aéreas para Ko Samui só podem ser realizadas em voos internacionais diretos ou em trânsito via Banguecoque, através de companhias aéreas autorizadas. No destino de origem, todos os passageiros serão sujeitos a um sistema de triagem de temperatura e, caso a temperatura exceda o limite de segurança definido, o embarque não será autorizado. 

No que diz respeito aos menores que tenham menos de 18 anos, não precisam de estar vacinados desde que viagem com os pais ou com responsáveis que estejam totalmente vacinados. De qualquer forma têm sempre que apresentar um teste PCR com resultado negativo obtido no máximo 72 horas antes do início da viagem.

À chegada de Ko Samui vão ter de passar pelos procedimentos de saúde e controlo necessários. Depois têm que viajar para o hotel pré-reservado, onde vão ter de aguardar pelo resultado do teste à Covid-19. 

Caso o teste seja negativo o visitante deve seguir os seguintes procedimentos: no primeiro e terceiro dia pode deixar o quarto do hotel, mas apenas para circulação dentro do hotel, no quarto ao sétimo dia já vai poder viajar em circuitos e programas turísticos que fiquem em Ko Samui, ao oitavo e décimo quarto dia já pode viajar livremente pelas três ilhas. Após as duas semanas e se o último teste realizado for negativo, os viajantes já vão poder circular por qualquer local da Tailândia.

O uso de máscaras é obrigatório nos espaços públicos e em qualquer veículo com duas ou mais pessoas, sendo que os visitantes também devem cumprir as medidas estabelecidas pela província de Surat Thani durante a sua estadia.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img