Sábado, Fevereiro 24, 2024
Sábado, Fevereiro 24, 2024

SIGA-NOS:

Itália exige certificado digital covid-19 para acesso a locais públicos

Itália tornou a apresentação do certificado digital covid-19 obrigatória nos restaurantes e espaços públicos da Itália a partir desta sexta-feira, dia 13 de agosto.

A medida é aplicada a qualquer restaurante ou outro espaços fechado, incluindo ginásios, cinemas e teatros. As viagens de longa distância também exigirão prova de vacinação ou um teste negativo.

Quem não respeitar estas regras estará sujeito a multas que podem ir até aos 1000 euros.

Somente alunos e professores italianos com o passe serão permitidos nas escolas e universidades. O certificado estará disponível em formato papel e digital.

“Estamos empenhados em fazer o nosso melhor para reabrir as escolas com segurança em setembro e para que as aulas sejam presenciais. Com esta nova lei, solicitamos um Green Pass obrigatório como um requisito de acesso às escolas para todos os funcionários”, afirmou Roberto Speranza, Ministro da Saúde de Itália.

Os funcionários de escolas que não apresentarem o certificado por cinco dias consecutivos serão suspensos e terão os seus salários congelados, relatam os meios de comunicação italianos, citados pelo Euronews..

A Itália junta-se a vários outros países da União Europeia que exigem a apresentação do certificado para o acesso a diversas atividades. É o caso de França que desde a passada segunda-feira, dia 9 de agosto, exige um passe de saúde semelhante e para acesso a restaurantes, bares, aviões e comboios.

Portugal, Áustria, Chipre e Dinamarca estão entre os outros países da UE que lançaram medidas semelhantes.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img