Quinta-feira, Maio 23, 2024
Quinta-feira, Maio 23, 2024

SIGA-NOS:

Lisboa entre os 20 destinos mundiais que se associam à Airbnb para atrair nómadas digitais

A Airbnb anunciou esta quarta-feira, 13 de julho, que irá colaborar com 20 destinos em todo o mundo para tornar mais fácil viver e trabalhar a partir de qualquer lugar, incluindo Lisboa, as Ilhas Canárias, Bali, Caraíbas, entre outros.

Milhões de pessoas têm agora mais flexibilidade para decidir onde viver e trabalhar. Como resultado disso, estão a espalhar-se por milhares de vilas e cidades, permanecendo durante semanas, meses ou mesmo estações inteiras. Aproximadamente um em cada cinco hóspedes alegou utilizar a plataforma da Airbnb para trabalhar remotamente enquanto viajava em 2021, uma tendência que se manteve até ao 1º trimestre de 2022, com estadias de longa duração a atingir um pico: mais do dobro desde o 1º trimestre de 2019.

No início do ano, a Airbnb apresentou a sua iniciativa para viver e trabalhar a partir de qualquer lugar, para identificar alguns dos destinos que oferecem as melhores condições para quem trabalha remotamente. A presença deste tipo de viajante faz parte dos objetivos de alguns governos e organizações de promoção do turismo.

Lisboa está entre o grupo restrito de 20 destinos que a Airbnb irá destacar entre a comunidade de nómadas digitais, não só pelo seu clima e localização geográfica, mas também “pela sua vasta gama de serviços, redes de ligação de transportes, ofertas culturais e de lazer e variedade de opções de alojamento”.

Nos próximos meses, a Airbnb trabalhará em estreita colaboração com organizações para criar hubs de informação especializados para ajudar a destacar os melhores alojamentos locais para estadias de longa duração, bem como informação relevante sobre requisitos de entrada e políticas fiscais. A Airbnb irá também colaborar com destinos em campanhas de sensibilização que promovam um comportamento responsável entre os anfitriões e os nómadas digitais. Espera-se que estes hubs estejam operacionais até ao final do ano.

Os destinos que fazem parte deste programa variam de países a pequenas povoações e cidades pouco conhecidas, e foram selecionados com base no seu interesse em atrair nómadas digitais e nas suas políticas proativas para quem procura viver e trabalhar num local diferente.

“Na sequência da pandemia, surgiu uma nova forma de conjugar vida profissional e viagens, com muitos trabalhadores a já não terem de estar presentes nos seus escritórios a tempo inteiro. Ao estabelecer parcerias com destinos como Lisboa e as Ilhas Canárias, queremos ajudar as pessoas a desfrutar desta flexibilidade e apoiar o regresso das viagens de uma forma segura e responsável, ao mesmo tempo que geramos novas oportunidades económicas para as comunidades locais e distribuímos talentos por todo o mundo”, afirmou Mónica Casañas, diretora geral da Airbnb Marketing Services SL.

1 COMENTÁRIO

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img