Sábado, Abril 20, 2024
Sábado, Abril 20, 2024

SIGA-NOS:

Londres é o destino mais procurado por expatriados na Europa (mas está longe de ser a melhor cidade)

Londres ainda é o destino mais procurado por expatriados na Europa, apesar do aumento dos preços e do custo de vida, conclui uma pesquisa da MoneyTransfers.com.

As pesquisas por “mudança para Londres” superam em muito qualquer outra cidade na Europa, atingindo um volume médio de pesquisa de mais de 5.000 por mês – mais do que o dobro de Manchester, que surge em segundo lugar. Na verdade, o Reino ocupa o top 3, já que Edimburgo surge em terceiro lugar nesta lista

Madrid vem a seguir na lista, com cerca de 1.500 buscas por mês, seguida por Viena, Berlim e Valência, enquanto Lisboa, Paris e Basileia estão entre as dez primeiras.

TOP Cidades por volume de pesquisas em março (Europa)
Londres – 5.200
Manchester – 2.200
Edimburgo – 2.000
Madrid – 1.500
Viena – 1.400
Berlim – 1.300
Valência – 1.200
Lisboa – 1.200
Paris – 1000
Basileia – 100

Londres é a mais procurada, mas longe de ser a melhor para expatriados

Embora Londres possa ser uma das cidades mais procuradas por possíveis mudanças, na verdade não se classifica tão bem em diferentes aspectos da vida de expatriados. De acordo com relatórios que analisam a vida em diferentes cidades para expatriados, Londres ocupa o 35º lugar no mundo em qualidade de vida, 17º em trabalhar no exterior, 49º em finanças pessoais e 27º em itens essenciais para expatriados.

A classificação para trabalhar no exterior é a melhor de todas, enquanto a pior classificação é para finanças pessoais, o que não é surpresa. Londres tem sido “o lar de fantásticas oportunidades de carreira, mas a inflação só serviu para apertar as carteiras da cidade”. De acordo com os entrevistados neste estudo, 70% das pessoas consideram o custo de vida em Londres muito alto – o dobro da média global de 35%.

80% dizem que a moradia em Londres é inacessível em comparação com 43% em todo o mundo, enquanto 30% das pessoas estão insatisfeitas com sua vida social em comparação com pouco mais de um quarto dos expatriados em todo o mundo.

Londres pode ser uma potência económica, mas isso não a torna um ótimo lugar para se viver”, disse Jonathan Merry, fundador da MoneyTransfers.com. “Muito pelo contrário, de acordo com os expatriados – mas muitas das questões que eles levantam são familiares aos habitantes locais. A capital é glamourosa, divertida e cheia de coisas para fazer, desde que esteja disposto a gastar, mas se estiver à procura por uma experiência mais acessível e agradável, o Reino Unido tem muito mais a oferecer”, afirma Jonathan Merry, fundador do MoneyTransfers.com

Valência a melhor cidade, Frankfurt a pior

Apesar de ser apenas a 7ª cidade mais pesquisada na Europa, Valência é classificada como a melhor cidade para expatriados no geral, superando o Dubai em segundo, Cidade do México em terceiro, Lisboa em quarto e Madrid em quinto. A cidade está no topo da lista de qualidade de vida, já que 85% dos expatriados na cidade dizem que estão satisfeitos com o transporte público e 92% dos expatriados dizem que se sentem seguros.

No entanto, a cidade espanhola está mal classificada para perspectivas de carreira, ficando em último lugar na lista, com a sua classificação geral para trabalhar no exterior entre as dez últimas no geral (41º). Frankfurt vem no final da lista de cidades europeias, embora o pior destino do mundo para expatriados seja Joanesburgo, na África do Sul.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img