Terça-feira, Janeiro 18, 2022
Terça-feira, Janeiro 18, 2022

SIGA-NOS:

Marketing Digital no Turismo: As 5 etapas do processo de compra

Dentro do Marketing Digital são muitas as ferramentas importantes a dominar: SEO, SEM, Social Media e email marketing são alguns dos “palavrões” deste mundo. Mas poderão estas plataformas influenciar o ato de compra de um turista?

Para facilitar a explicação vamos criar uma personagem fictícia chamada de Maria. A Maria é uma jovem lisboeta de 33 anos, jurista, comprometida, de classe social A. Vamos analisar como em cada uma das 5 etapas do processo de compra de um consumidor uma boa estratégia de marketing digital pode influenciar as decisões da Maria.

1) Awareness

Nesta fase a Maria, inconscientemente, já tem o desejo de viajar. Para tal é necessário despertar esse interesse. Aqui os Facebook Ads, ou uma manobra de influence marketing – uma estratégia em que o influenciador favorito da Maria visita e publicita um estabelecimento turístico –, quando bem utilizados, têm resultados impressionantes.

Com estas campanhas conseguimos atingir potenciais clientes de forma segmentada e, acima de tudo, aumentar a visibilidade dos nossos espaços.

2) Procura de Informação

Agora que a Maria já tem o desejo plenamente estabelecido, ou seja, já sabe que quer viajar, ela, como qualquer outro consumidor, começa a procurar informação para satisfazer a sua necessidade.

É neste ponto que as estratégias de SEO e Social Media são fundamentais. Estas impulsionam os resultados orgânicos de uma marca tornando-a a principal opção para um consumidor, através de um posicionamento orgânico de qualidade, aparecendo no topo das pesquisas do Google ou nos “destaques” de um hashtag no Instagram.

3) Ponderação de alternativas

Nesta fase a Maria compara escolhas. Este ponto é fundamental, é necessário apostar não só em conteúdos visuais de qualidade, mas também tentar vender uma experiência nas diversas plataformas digitais.

Fotografias profissionais, comunicação direta e rápida, feedbacks e preço competitivo são alguns dos elementos preponderantes para um turista e que influenciam a sua decisão de compra.

4) Decisão de compra

Aqui, a decisão da Maria está tomada, analisou as alternativas e optou por um estabelecimento.

5) Comportamento pós-compra

Terminadas as férias, a Maria pode influenciar outras ponderações de compra do futuro por parte de outros consumidores. Uma estratégia de email marketing pode servir de incentivo para que o cliente realize uma recomendação sobre a sua estadia. No caso de reservas feitas através das plataformas Booking ou Airbnb, estas colocam ainda a possibilidade de o estabelecimento deixar uma pontuação ao hóspede. Ao se avaliar o cliente a possibilidade de este deixar um feedback é elevada.

Finalizando, o marketing digital veio permitir às empresas e empresários aumentar a visibilidade dos seus estabelecimentos. No entanto, é uma faca de dois gumes. É preciso saber utilizar devidamente estas plataformas e não esquecer o mais importante: oferecer ao cliente uma experiência presencial de qualidade dentro da promessa feita online.

É a sinergia entre o marketing digital com a experiência pessoal que permitem a fidelização de um consumidor e o aumento da visibilidade orgânica.

Boas reservas!

Por Miguel Estorninho,

Licenciado em Marketing, Publicidade e Relações Públicas, Mestrando em Ciências da Comunicação. Cofundador Digital Natives e Director de Comunicação no órgão de comunicação social Bola na RedeAgência Digital Natives

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img