Sábado, Novembro 26, 2022
Sábado, Novembro 26, 2022

SIGA-NOS:

Marrocos termina com restrições sanitárias impostas nas fronteiras pela pandemia

As autoridades marroquinas decidiram terminar com as restrições sanitárias impostas nas fronteiras devido à pandemia de covid-19, divulgou na sexta-feira o Gabinete Nacional de Aeroportos (ONDA). A medida, que foi tomada face à melhoria clara da situação pandémica no país, entrou em vigor na passada sexta-feira.

“Na sequência da decisão das autoridades marroquinas, as restrições sanitárias (PCR ou Certificado de Vacinação) à entrada em território marroquino são levantadas a partir de hoje [sexta-feira]”, explicou a ONDA na sua conta na rede social Twitter. “Apenas o cartão de saúde do passageiro deve ser apresentado devidamente preenchido” e entregue à chegada a um aeroporto marroquino, acrescentou.

Desde 18 de maio, os viajantes com destino a Marrocos tinham de apresentar um passaporte de vacinação ou o resultado negativo de um teste PCR inferior a 72 horas, bem como um cartão de saúde. Segundo o Ministério da Saúde, as infeções por covid-19 caíram nas últimas semanas e a situação agora é caracterizada por uma disseminação muito baixa do vírus em todo o reino.

Dos 36 milhões de habitantes, mais de 23,4 milhões de pessoas receberam a segunda dose da vacina e quase 07 milhões a terceira. Em Marrocos, um total de 16.278 pessoas morreram devido à covid-19.

Economicamente, o encerramento das fronteiras de Marrocos atingiu duramente a indústria do turismo, hotelaria e restauração, um setor vital para a economia do país, mas desde a reabertura do espaço aéreo marroquino em fevereiro, o turismo iniciou a sua retoma.

De acordo com a ONDA, os aeroportos de Marrocos receberam mais de 12 milhões de passageiros durante os primeiros oito meses do ano, representando uma taxa de recuperação de 74% em relação ao mesmo período de 2019, antes da pandemia.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img