Quarta-feira, Fevereiro 8, 2023
Quarta-feira, Fevereiro 8, 2023

SIGA-NOS:

Mercado português recupera 97% do volume de 2019 para o Dubai

O Dubai recebeu 11,4 milhões de visitantes internacionais entre janeiro e outubro de 2022, um aumento de 134% face ao período homólogo do ano anterior, o que contribui para que a cidade dos Emirados Árabes Unidos alcance a sua meta de se tornar o destino mais visitado do mundo. No que refere ao comportamento do mercado português, este alcançou já 97% do volume de turistas para o Dubai registado em 2019.

Principais mercados emissores

A cidade do Dubai está cada vez mais próxima de alcançar o recorde pré-pandémico de 13,50 milhões de visitantes internacionais, verificados nos primeiros dez meses de 2019. O Top 5 dos principais mercados emissores para o destino é liderado pela Índia, que registou um crescimento de 116% comparativamente com 2021 e ficou apenas 9% abaixo dos resultados de 2019. Já Omã, o segundo mercado emissor para o Dubai, registou um aumento de 572% e de 32% face aos períodos homólogos de 2021 e 2019, respetivamente.

A Arábia Saudita contou com uma subida de 267% perante os resultados de 2021 e uma diminuição de 26% face o período pré-pandémico. Por sua vez, o Reino Unido apresentou um crescimento de 254% comparativamente a 2021 e 15% abaixo do volume registado em 2019. Quanto à Rússia, este mercado registou um crescimento face a 2021 como a 2019, de 76% e 8%, respetivamente. Estados Unidos da América, Alemanha, Paquistão, França e Irão complementam a lista dos dez principais mercados emissores para o destino. O mercado português alcançou 97% do volume de turistas para o Dubai registado em 2019, segundo comunicado de imprensa.

Performance positiva

Os resultados positivos no Dubai são também extensíveis à taxa de ocupação média dos hotéis que, entre janeiro e outubro, tiveram uma média de 71% de ocupação. No período homólogo de 2021, a taxa de ocupação média foi de 64% e de 74% durante o período pré-pandémico de 2019. A ocupação do Dubai continua a seguir de perto as principais cidades de referência: Istambul (75%), Nova Iorque (74%), Paris (73%), Londres (73%) e Los Angeles (72%).

A oferta hoteleira do destino tem verificado também um crescimento, ao aumentar 18% em relação aos níveis pré-pandémicos. O inventário hoteleiro do Dubai em outubro de 2022 incluía 144.737 quartos em 790 estabelecimentos hoteleiros, em comparação com os 122.185 quartos disponíveis no final de outubro de 2019 em 724 estabelecimentos hoteleiros.

Os estabelecimentos hoteleiros do Dubai verificaram um total de 30,40 milhões de noites de quartos ocupados durante os primeiros dez meses do ano, um crescimento de 23% face a 2021 e um aumento de 17% durante o período correspondente de 2019, onde se registaram 26,01 milhões de noites de quartos ocupados.

O ADR (Average Daily Rate) de AED506 (cerca de 133€) nos primeiros dez meses de 2022 ultrapassou os ADR nos primeiros dez meses de 2021 (AED384; 100€) e 2019 (AED400; 105€). Já o RevPAR registou uma subida de 48% face a 2021 e de 23% comparativamente com o período homólogo de 2019.

De forma a impulsionar a indústria turística emergente da cidade e apoiar o turismo regional e global, o Departamento de Economia e Turismo do Dubai (DET) anunciou o lançamento do Dubai Tourism Summit. “Este fórum de viagens, inédito na região, lançará as bases para um programa de liderança mundial, mas também proporcionará uma plataforma de trabalho em rede para os intervenientes no sistema turístico partilharem a sua visão, ideias, estratégias e melhores práticas, bem como conhecimentos sobre como aproveitar as últimas inovações e tendências para criar um futuro mais resiliente, inclusivo e sustentável para o turismo global”, conclui o Turismo do Dubai em comunicado.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img