Sábado, Junho 15, 2024
Sábado, Junho 15, 2024

SIGA-NOS:

Minas Gerais quer tornar mercado português no número um para o destino

Portugal é atualmente o segundo país emissor de turistas para o estado de Minas Gerais, no Brasil, mas o objetivo é que se torne no número um. Este foi o desejo expressado pelo Secretário de Estado da Cultura e Turismo do Estado Minas Gerais, Leônidas de Oliveira, durante o lançamento da campanha “Minas Gerais, Destino do Ano” em Portugal, que decorreu esta quarta-feira, dia 7 de setembro, em Lisboa.

À margem do evento, Leônidas de Oliveira explicou em que consiste esta campanha: “Queremos mostrar Minas Gerais como um destino barato, tropical, que tem centenas de milhares de cachoeiras e aventura, um património histórico muito rico e a nossa gastronomia”.

Além de Portugal ser a única conectividade que Minas Gerais tem diariamente com a Europa, através da TAP, os dois destinos têm características comuns, sublinhadas pelo Secretário de Estado, que revelou ainda que esta ação serve para captar turistas e investimento. “Temos características culturais em comum, no património barroco e na arquitetura colonial portuguesa presente em mais de 100 cidades. No entanto, além de promover o destino de Minas Gerais em todos os segmentos que temos para oferecer, queremos estabelecer uma proximidade com o investimento e uma parceria para o desenvolvimento do nosso turismo, aprender com Portugal e trazermos essa experiências”.

Não faltam argumentos para conquistar o mercado português, nomeadamente a forma de receber de Minas Gerais. “Segundo a Booking, estamos entre as 10 regiões mais acolhedoras do mundo, então queremos mostrar isso para Portugal. Se forem a Minas serão bem recebidos e vão conhecer profundamente a história de Portugal, a história do Império do Brasil”, constata.

Esta não é a primeira vez que Minas Gerais se promove em Portugal. Em novembro do ano passado foi lançado o projeto ‘Minas para o Mundo em Portugal’. Nas palavras de Leônidas de Oliveira este “é um trabalho contínuo” e já está prometido o regresso no próximo ano para participar na BTL.

Antes da pandemia, Minas Gerais recebia, em média, 40 mil portugueses anualmente, fazendo de Portugal o terceiro mercado para o destino, a seguir a França e à Argentina. Foi a pandemia que alterou estes números e atirou Portugal para o segundo lugar. Agora, o Secretário de Estado acredita ser possível duplicar a presença do mercado português e chegar a número um. “Portugal gosta de cultura e de viajar para conhecer destinos coloniais”, afirma.

Reconhecendo que, para este crescimento de mercado, as conetividades são importantes, o Secretário de Estado adianta que estão em conversações com a TAP para aumentar as ligações. “A TAP está disposta a colocar mais voos, porque os voos estão lotados. Então, haverá mais conexão, visto que a TAP compreendeu que o mercado mineiro é muito bom. Para termos uma ideia, Minas Gerais é o estado brasileiro que mais acumula milhas. Isso mostra que Minas Gerais gosta de viajar. Gosta da Europa e ama Portugal. Além disso, Estamos a oferecer vários benefícios de querosene e de imposto”, afirma. No entanto, Leônidas de Oliveira sublinha que a conectividade a Portugal acontece também através de outros aeroportos. “Devido ao facto de estarmos no centro do sudeste é muito simples irmos ao Rio de Janeiro e fazermos a conexão via Rio, ou fazer a conexão via São Paulo e via Brasília, que está a 40 minutos. Essa conexão é muito tranquila. Temos os voos diretos que são excelentes, no entanto temos uma conexão do sudeste onde está concentrada o maior número de voos de país.”

Quanto à infraestrutura hoteleira, o Secretário de Estado destaca que em Belo Horizonte a oferta “é boa, imensa e muito competitiva em valor”, herança dos Jogos Olímpicos ( Belo Horizonte foi sub-sede) e do Mundial de Futebol. “A hotelaria está a ressurgir com o turismo cultural de eventos, hoje Minas Gerais é o lugar onde há mais mega shows no Brasil, ultrapassando São Paulo”.

Há ainda outro fator destacado por Leônidas de Oliveira: a segurança do destino. “Minas é o estado mais seguro do Brasil pelo segundo ano consecutivo”.

O evento desta quarta-feira contou com a presença de agências de viagem e operadores turísticos de Lisboa, além da participação da imprensa e de influenciadores, que tiveram a oportunidade de degustar a gastronomia, ouvir a música e conhecer novos destinos turísticos de Minas Gerais.

O evento foi organizado pela VBRATA Europe – Visit Brazil Travel, Cultural and Business Association, a Associação Europeia do Trade Turístico Especialista em Brasil, em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (SECULT), o SEBRAE MG (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img