Terça-feira, Janeiro 18, 2022
Terça-feira, Janeiro 18, 2022

SIGA-NOS:

Pagar pela piscina? Hotéis lançam modelos de preços à la carte

A MCR Hotels, quarta maior cadeia hoteleira norte americana, está a lançar um modelo de preços à la carte, desde o uso da piscina e do ginásio, aos check-ins e check-outs antecipados ou tardios e pequeno-almoço, nos hotéis selecionados. O TWA Hotel, no Aeroporto Internacional John F. Kennedy, e o High Line Hotel, em Manhattan, estão entre os primeiros a experimentar as sobretaxas.

Um check-in antecipado custa 17€, relata o Wall Street Journal, enquanto um mergulho na piscina pode custar até 21€ por dia.

A MCR é a única que está a experimentar o modelo de preço adicional, uma vez que as outras redes dizem-se preocupadas com a resistência dos clientes, algo que estão a tentar evitar enquanto a indústria hoteleira recupera dos efeitos da pandemia.

Este modelo foi um sucesso para as transportadoras aéreas. Cobrar aos clientes por serviços como refeições, entretenimento, bagagem despachada e assentos prioritários lucrou 93,45 mil milhões de euros em 2019, de acordo com a consultoria de companhias aéreas IdeaWorks e a plataforma de tecnologia CarTrawler.

Esta prática pode conquistar alguns viajantes, no entanto, o grupo MCR constata que, ao cobrar separadamente pelas comodidades, pode oferecer tarifas mais baixas, o que atrai viajantes que não planeiam usar recursos como o ginásio ou a piscina.

avatar

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img