Sábado, Abril 13, 2024
Sábado, Abril 13, 2024

SIGA-NOS:

Pestana: “Não fizemos aumentos salariais a pensar nos benefícios fiscais do Estado”

Os colaboradores do Pestana Hotel Group em Portugal vão receber em média 16 salários em 2023, revelou o CEO do grupo, José Theotónio, em conferência de imprensa dos resultados financeiros de 2022.

O grupo sobe, assim, novamente o rendimento dos seus colaboradores em Portugal, a quem já tinha pago em média 15,5 salários em 2022.

“O salário médio, em 2022, foi de 1260 euros, o que representou um aumento de 9,61% em relação a 2019”, revelou Theotónio, acrescentando que os custos com os recursos humanos foram os que mais impacto tiveram no grupo em 2022. “Por opção nossa, aumentámos o salário médio, porque os salários não aumentaram nos dois anos de pandemia”.

Somados, os aumentos de 2022 e 2023 têm um impacto de 12% a mais no salário, revelou o responsável, adiantando ainda que serão distribuídos 6 milhões de euros de resultados este ano, dos quais metade já foi entregue.

Em Portugal, a área de hotelaria do grupo Pestana emprega 3000 colaboradores, a que se somam 500 trabalhadores sazonais no período de verão.

Sobre se esperam benefícios fiscais decorrentes destes aumentos, o CEO afirma que o grupo “fez aumentos sem contar com os benefícios fiscais”. Essa foi uma das medidas com que as confederações negociaram para o aumento de rendimentos. Vai depender muito da forma como isso vai chegar às empresas e da regulamentação para esse incentivo”, sublinha.

Recorde-se que confederações patronais insistiram esta semana para que o Governo clarifique como será aplicado o benefício fiscal às empresas que promovam valorização salarial, sublinhando que a medida tal como está, não tem aplicação prática.

Estas posições foram assumidas pelas confederações patronais à saída de uma reunião da Concertação Social, em Lisboa, na qual esteve em discussão a medida do acordo assinado em outubro e aprovada no Orçamento do Estado para 2023 (OE2023), que prevê um benefício em sede de IRC para as empresas que aumentem salários em pelo menos 5,1% este ano.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img