Domingo, Janeiro 29, 2023
Domingo, Janeiro 29, 2023

SIGA-NOS:

Porque necessita de um agente de viagens em 2023? Porque estão prontos para qualquer crise, diz a Forbes

Porque necessita de um agentes de viagens em 2023?” É esta a questão levantada pela revista Forbes, num artigo em que enumera diversos motivos para os viajantes reservarem a sua próxima viagem numa agência.

Marisa Thalberg não sabe para onde vai viajar em 2023, mas sabe como lá chegar: com a ajuda de um agente de viagens. Um profissional de viagens dá-lhe “paz de espírito”, num mundo cada vez mais imprevisível, diz Thalberg, uma executiva de marketing americana.

No entanto, os agentes de viagem não são para todos, sublinha a Forbes. Se precisar de um bilhete de avião para uma viagem doméstica ou de um motel à beira da estrada, pode não necessitar de um agente de viagens e poderá poupar nas taxas de reserva. Contudo, a revista defende que se “está a planear uma viagem mais complicada – um safari no Quénia, um cruzeiro na Antártida, uma peregrinação à Terra Santa – precisa de um profissional. Agora mais do que nunca”.

“As viagens continuam a ser complexas”, diz Jackie Friedman, presidente do Nexion Travel Group. “Um agente de viagens será tão valioso em 2023, fornecendo ao viajante conselhos especializados antes, durante e depois da viagem.”

Mas quais são as novidades sobre agentes de viagens em 2023?

Segundo a Forbes, os agentes de viagens são “virtualmente indestrutíveis”. A maioria dos profissionais da área já experienciou cortes brutais nas comissões das agências, a revolução das viagens online e a pandemia. “Os agentes de viagens aprenderam novos truques e desenvolveram novas especialidades”, sublinha a revista.

“Os agentes de viagens personalizam tudo hoje em dia – o seu transporte, alojamento e atividades. Estão a fazê-lo melhor com a tecnologia”, acrescenta o artigo, notando que os agentes de viagens levaram os seus conhecimentos de viagem para o nível seguinte, aprendendo sobre países, cidades e até bairros. “O Google não consegue competir com eles”.

Um “consigliere de férias” que vai mais além

Thalberg contratou Kim-Marie Galloway, uma “consigliere de férias” da Luxury Travel Mom, uma afiliada da Embark Beyond. Galloway afirma que Thalberg estava à procura de um agente que pudesse oferecer mais do que apenas reservar um bilhete de avião ou um quarto de hotel.

“Thalberg queria alguém que soubesse o que ela e sua família precisavam e se esforçasse para garantir que tivessem tudo – o seguro certo, uma lista de bagagem adequada, acesso a reservas de última hora”, explica a agente de viagens.

Os agentes de viagens estão prontos para qualquer crise

“Uma das maiores melhorias, em geral, é que estamos a entrar no quarto ano civil de planeamento de viagens com a covid-19 ainda em cena”, explica Claire Riley, proprietária da Duende Travels em La Jolla, Califórnia. “Fazer face a mudanças de última hora, trabalhar com companhias de seguros de viagem, e lidar com a ansiedade dos viajantes sobre as próximas viagens na era da covid-19 tem sido uma parte importante do trabalho nos últimos anos. E com essa experiência vêm muitos novos conhecimentos que penso que estão a tornar a indústria melhor como um todo”, complementa.

Os agentes de viagem são mais qualificados em 2023

A revista Forbes recorda que os agentes de viagens sobreviveram às inúmeras quarentenas e proibições de viagens. O que fizeram estes profissionais durantes este período? “Depois de ajudarem os seus clientes a obter reembolsos, alguns deles voltaram à escola para se tornarem ainda melhores no seu ofício”, revela o artigo.

“Concentraram-se na aprendizagem através de certificações de formação”, diz Andrew Garnett, CEO do Special Needs Group, uma empresa de fornecimento de equipamento médico. “Assim, a sua experiência e conhecimentos recém-adquiridos, tornaram-nos mais preparados para ajudar os viajantes a realizar a sua viagem de sonho, com a rede de segurança extra de saber o que fazer se as coisas correrem mal durante a sua viagem”.

Oferecem uma personalização de nível superior

“Os agentes de viagens irão fornecer mais viagens curadas e personalizadas aos seus clientes do que nunca em 2023”, afirmou Shane Mahoney, CEO da Lugos Travel. Mahoney diz que existem novos programas que permitem aos agentes saber mais sobre os seus clientes e quais são os seus interesses e objetivos quando se trata de viagens.

“Por exemplo, temos um software altamente sofisticado que pode gerar itinerários de viagem em menos de cinco minutos”, acrescentou. “Estes itinerários não são apenas documentos genéricos que listam atrações turísticas, mas que têm em conta os interesses e objetivos de cada cliente e geram um itinerário altamente personalizado e curado”.

A Forbes salienta que este tipo de personalização é algo que um website ainda não pode fazer.

Os agentes de viagens são “hiperlocalizados”.

Os agentes de viagens sempre se especializaram, mas em 2023 estão a levá-lo a um nível totalmente novo, dizem os peritos. Manny Salorio, que dirige uma plataforma de viagens chamada Go Ask a Local, oferece um exemplo de “hiperlocalização”.

“Quando quiserem planear uma viagem à Grécia, estabelecerão contacto com o agente de viagens Luca Dolfino, sediado em Atenas, que tem vindo a planear férias de ‘island-hopping’ há cerca de uma década”, afirma Salorio. “Se vai viajar para o Peru, aproveite os 12 anos de experiência de Nicholas Cino no planeamento e conceção de aventuras por todo o Peru. Na Islândia, o seu agente de viagens será Andrés Helguson, um profissional baseado na zona rural de Reykjavik, que passou quase duas décadas como agente e condutor-guia no destino”, acrescenta.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img