Segunda-feira, Agosto 8, 2022
Segunda-feira, Agosto 8, 2022

SIGA-NOS:

Precisamos parar de falar de sustentabilidade

Não porque deixou de ser importante, obviamente, mas porque temos de passar das palavras à acção: agora! Aliás, já nem será só sustentabilidade que precisamos no Turismo. Será necessário regenerar, de forma criativa. Na esperança de uma retoma da indústria, não teremos de fazer mais, teremos de fazer melhor, numa solução global, com alinhamento de todos os stakeholders.

Sustentabilidade é o novo digital. Já não pode ser considerada uma tendência ou opcional, tem de estar em todas as decisões, numa amplitude sociocultural, económica e ambiental. Decisões conscientes. A gestão do impacto global, começa local. Por isso, mais do que sustentabilidade, defendemos regeneração. Integração de todas as formas de turismo nas comunidades locais, em harmonia.

Um bom local para se visitar tem de ser antes um bom local para se viver

Nesta ordem. O Turismo tem a responsabilidade de agir como uma indústria inclusiva, colaborando e cocriando com outras indústrias. Nada disto é hipotético ou empírico. É real. Existe uma necessidade macro e urgente de englobarmos sustentabilidade, integração das comunidades e respeito pelas Pessoas na forma como criamos Turismo. Agindo, agora.

Perante uma indústria fragilizada, estratégias de pricing mais agressivas, gerar lucro imediato e controlo de custos podem ainda ser o foco das empresas. Mas serão sempre soluções de curto prazo, pouco sustentadas e frágeis. Temos de investir numa diferenciação e num posicionamento autênticos, suportados por decisões conscientes e criativas.

O Turismo não tem de se reinventar. Precisamos apenas de regressar à nossa essência e reactivar esta nossa autenticidade com um propósito. A resiliência que caracteriza a indústria foi posta à prova, talvez até para nos mostrar que devemos seguir um outro caminho, afastado da dita “normalidade” que conhecíamos. Não trabalharemos em utopias, as empresas têm de ser rentáveis, gerar lucro. Mas terão de passar de um ego-sistema, focado apenas na empresa e nas suas necessidades, para um eco-sistema onde ouve o consumidor, com EMPATIA, e procura entender como se podem conectar numa relação duradoura. Temos um património turístico rico e diversificado, já reconhecido, e isso não desapareceu. Mais do que vender, precisamos de inspirar.

As Pessoas têm de fazer parte da solução e não serem o problema. Mais do que trabalharmos em B2B (business to business) ou em B2C (business to consumer), as lideranças têm de se suportar em P2P (people to people). Sentido de pertença. Envolvimento. Empresas com uma cultura empresarial positiva, de bem-estar. O sucesso desta recuperação está na força das equipas.

E a solução tem de ser global. Não estamos todos no mesmo barco. Temos estado todos no mesmo mar, numa tempestade imprevisível, com condições adversas, para as quais nunca fomos preparados. Alguns numa lancha, outros num barco a remos. Mas se fomos rápidos numa adaptação ao digital e às exigências de uma segurança higiénica, teremos agora de ser firmes e consistentes numa (re)construção do Turismo com respeito pelas comunidades onde se insere.

Não esperemos por um “novo normal”, não existe. A realidade é o momento, é com esta realidade que temos de lidar. E é perante este mundo real, VUCA ou BANI, como especialistas tentam definir, que o Turismo tem de agir, agora. Mais do falarmos em sustentabilidade, temos de construir um Turismo Criativo Regenerativo, que alinhe todos os seus stakeholders sob um mesmo propósito: um
Turismo responsável com uma autenticidade portuguesa.

NOTA: nas próximas semanas iremos desenvolver a temática do Turismo Criativo Regenerativo, apresentando os seus benefícios, formas de actuação e como poderá ser este o caminho para uma recuperação da indústria.

Por Sandra Matos
É fundadora da Please Disturb Tourism Experts
Projecto Cocriativo de Consultoria 360º para Turismo Criativo Regenerativo
Pessoas – Planeta – Proveitos

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img