Sexta-feira, Junho 14, 2024
Sexta-feira, Junho 14, 2024

SIGA-NOS:

Projeto de melhoria da Portela “está no Governo desde 2020, não é por falta de vontade da ANA”, diz Arnaut

O presidente do Conselho de Administração da ANA, José Luís Arnaut, afirmou esta terça-feira, dia 27, que as obras de melhoria do aeroporto de Lisboa não avançaram ainda, não por falta de vontade da concessionária ANA, mas por falta de resposta do Governo, nomeadamente do Ministério das Finanças.

O responsável, que participou no painel “O novo paradigma da mobilidade”, na 6ª cimeira do turismo português organizada pela Confederação do Turismo de Portugal, recordou que a ANA entregou, em 2020, um novo projeto de melhoria do funcionamento e qualidade do aeroporto da Portela. “Apesar do empenho e determinação do ministro Pedro Nuno Santos, havia uma força de bloqueio que não permitiu que conseguíssemos avançar com o projeto das obras que foi o ministro das Finanças, João Leão”, disse Arnaut. “Somos geridos como uma PPP, qualquer obra que tenha a ver com a infraestrutura só pode ser feita com autorização da Unidade Técnica de Acompanhamento de Projetos (UTAP) do Ministério das Finanças. Nomeámos os nossos representantes, o ministério das Infraestruturas nomeou os seus próprios representantes e o ministro das finanças nada disse. Temos um novo ministro das Finanças, acreditamos que agora estão reunidas as condições para que rapidamente a UTAP se sente à mesa connosco, aprove o projeto para melhoria do aeroporto”. O presidente do Conselho de Administração da ANA revelou ainda que estas obras permitiriam a criação de onze mangas. “É uma melhoria apenas de eficiência”, constatou.

Questionada se acredita que estas obras vão ser feitas já no próximo verão, Arnaut garantiu que as “obras vão ser feitas, mas de forma parcelar”. “É uma obra a três anos, e feita por fases, tudo o que pudermos fazer no próximo ano será feito, temos é que nos reunir com a UTAP e ter a autorização. Espero que o próximo verão seja melhor”, afirmou.

Sobre a solução para um novo aeroporto em Lisboa, José Luís Arnaut saudou a existência de uma convergência sobre a metodologia. “Melhor esta solução do que nenhuma”.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img