Terça-feira, Janeiro 18, 2022
Terça-feira, Janeiro 18, 2022

SIGA-NOS:

Que futuro trazem as aplicações de viagens para os utilizadores?

O crescimento da presença das aplicações móveis no dia a dia das pessoas tem vindo a alastrar-se para o mundo do turismo, com a criação de apps que facilitam na organização de orçamentos e itinerários, com base nos interesses dos utilizadores.

Alguns exemplos de aplicações deste género são a Elude, a Una Travel e a TPG, que procuram unir as viagens aos viajantes da forma mais benéfica possível.

Elude, viagens com orçamento fixo

Um novo “serviço de descoberta e reserva de viagens”, apelidado de Elude, lançou a sua aplicação móvel a 5 de agosto, que visa combinar os viajantes de “mente aberta” – que têm um orçamento fixo -, com viagens que se encaixam tanto no orçamento, quanto nos interesses dos utilizadores.

A aplicação é descrita pelos fundadores como “a única plataforma de reservas que responde à pergunta: Para onde posso viajar por 500 dólares?”. A Elude foi desenvolvida em torno de um mecanismo de busca que privilegia o orçamento, oferecendo aos utilizadores opções instantâneas para voos, partindo do aeroporto mais próximo, e acomodações, tudo dentro da faixa de preço desejada.

De acordo com Alex Simon, cofundador e CEO da Elude, um dos elementos mais importantes é a integração do usuário. “Fazemos uma série de perguntas divertidas e peculiares para conhecer melhor o utilizador para que [a experiência] seja mais personalizada”.

Outro elemento fundamental é a reserva direta via Elude. “Na verdade, somos um comerciante de registos, não estamos a empurrar o utilizador para outro lugar ”, revelou Alex Simon, observando que muitos mecanismos de pesquisa apresentam preços aos usuários e, depois, vinculam-nos a outros sites para a reserva, onde o preço costuma ser diferente. “Tem sido nosso maior obstáculo, mas é definitivamente o que mais nos entusiasma.”

Una Travel, curadoria de itinerários de grupo

Paralelamente, a nova aplicação Una Travel, da empresa XOKind, faz a curadoria de itinerários colaborativos para viajantes individuais e grupos.

Os fundadores do Una Travel, ex-alunos da Intel com especialização em I.A., queriam criar um “assistente pessoal que o conhece melhor”, e que permitisse, ao mesmo tempo, a tomada de decisão colaborativa, num estilo de rede social, para o planeamento de viagens em grupo.

A plataforma Una questiona os usuários sobre as suas preferências de destino, apresentando opções de produtos e preços, refinando as escolhas futuras. Os utilizadores podem classificar e filtrar opções e adicioná-las a roteiros de viagem colaborativos, se estiverem a planear viagens em grupo, bem como compartilhar notas, links da web e outros dados.

Sarah Harris, vice-presidente de produto da XOKind, observou que o Una deve ser igualmente inteligível para os utilizadores da Geração Z e baby boomers – oferecerá “mais suporte [de atendimento ao cliente] do que provavelmente as OTAs maiores, porque sabemos que é um elemento muito importante da experiência de viagem. ”

TPG, telemóvel como cartão de embarque

Concomitantemente, a aplicação TPG reunirá várias contas de fidelidade dos usuários e oferecerá sugestões para acumular saldos de pontos e reservar viagens. Além disso, a aplicação será excelente para a “descoberta”, acrescentou Mitchell Stoutin, diretor sénior de engenharia do The Points Guy.

“Agora pode ir para uma nova cidade e, com a leitura de um código QR ou um AppClip, obter o aluguer de uma scooter local, menus de restaurantes ou reservas de experiências culturais”, afirmou Mitchell Stoutin. “O telemóvel é o cartão de embarque, a chave do seu quarto e o seu tradutor”, acrescentou.

De olhos no futuro

Tanto o Silicon Valley quanto a Wall Street estão a aperceber-se desta nova tendência de aplicações de viagens. A Elude atraiu 1,78 milhões de euros em financiamento de investidores de empresas como Mucker Capital, Unicorn Ventures, Upfront Scout Fund, StartupO, Grayson Capital e Flight VC.

Outros patrocinadores e consultores incluem veteranos da indústria de viagens e redes sociais, como Jeff Hoffman, ex-Priceline.com; o ex-CEO da Airmap, Ben Marcus; ex-CMO do Instagram, Cliff Hopkins; e o chefe de parcerias internacionais do Snapchat, Juan Borrerro. Vários fazem parte do Conselho Consultivo de Influenciadores da Elude, ajudando a moldar a estratégia de marketing, design de aplicações e muito mais.

A XOKind, por sua vez, acumulou mais de 2,76 milhões euros de um grupo de investidores de perfil semelhante, tendo os cofundadores Janine Seale e Coabi Kastan fechado uma ronda de pré-lançamento de 1,36 milhão de euros de arrecadação de fundos para expansão da equipa e desenvolvimento contínuo da plataforma, de acordo com um porta-voz.

A geração “millennial” gasta mais de 169,74 mil milhões de euros em viagens anualmente, de acordo com Elude, e 97% dos viajantes de hoje publicam fotografias de viagens nas redes sociais.

É nesse sentido que a XOKind revela a razão por trás do planeador de viagens Una: “lidar com os pontos problemáticos de muitos viajantes da geração Y e da geração Z.” Muitos desses utilizadores mais jovens preferem viagens mais curtas a viagens mais longas, procurando experiências únicas.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img