Domingo, Agosto 14, 2022
Domingo, Agosto 14, 2022

SIGA-NOS:

Reino Unido pode flexibilizar regras para viajantes vacinados

A Reino Unido está a considerar flexibilizar as regras de viagem para pessoas com as duas doses da vacina, uma medida que surge no seguimento da pressão feita pelas companhias aéreas, descontentes com as restrições impostas pelo governo em relação a viagens ao exterior.

De acordo com a Reuters, as companhias aéreas estão a pressionar para que as restrições sejam abrandadas a tempo da época alta, em julho. A maior companhia aérea da Europa, a Ryanair (RYA.I), associou-se ao Manchester Airports Group (MAG) para iniciar uma ação legal contra o Reino Unido, devido à sua política de viagens.

As duas empresas entraram com documentos para revisão judicial no Supremo Tribunal da Inglaterra esta quinta-feira, dia 17 de junho, conforme dito por um porta-voz do MAG. Como resposta, o Departamento de Transporte afirmou ainda hoje que está a considerar de que forma as vacinas podem ser usadas para viagens de regresso.

Na semana passada, a ex-primeira-ministra Theresa May acusou os ministros de terem implementado um sistema caótico de restrições a viagens internacionais, “Estamos a ficar para trás em relação ao resto da Europa quanto às nossas decisões de abertura … É incompreensível que um dos países mais vacinados do mundo seja o que mais reluta em dar aos seus cidadãos as liberdades que essas vacinações deveriam apoiar”. Mais da metade dos adultos britânicos receberam ambas as doses da vacina COVID-19, o que coloca o Reino Unido muito à frente da Europa.

O Daily Telegraph relatou que o Reino Unido está a procurar seguir o movimento da União Europeia, por forma a permitir que turistas totalmente vacinados evitem os testes COVID-19 e a quarentena a partir de julho.

“Começámos a trabalhar para considerar o papel das vacinas na definição de um conjunto diferente de medidas de saúde e testes para viagens de ida”, afirma um porta-voz do governo esta quinta-feira.

As ações das companhias aéreas dispararam, na esperança de mudanças das regras. A IAG da Ryanair e da British Airways (ICAG.L) subiu 3%, enquanto a easyJet e a TUI subiram 4%. A Jet2 (JET2.L) aumentou 5%.

O analista da Peel Hunt, Alex Paterson, disse que a abordagem de mente mais aberta do governo representou um progresso para uma indústria que suportou mais de 15 meses de receitas deprimidas.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img