Quinta-feira, Setembro 29, 2022
Quinta-feira, Setembro 29, 2022

SIGA-NOS:

Reservas internacionais de viagens sobem 264% em 2022. Em Portugal, estão próximas dos níveis pré-pandémicos

O Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC) e o seu parceiro de conhecimento ForwardKeys, preveem “um grande aumento nas reservas de voos internacionais globais”. O retorno das reservas foi anunciado durante a 21ª Cimeira Mundial do WTTC, que se realizou de 20 a 22 de abril em Manila, nas Filipinas.

O WTTC destaca uma perspetiva promissora “para as viagens durante as férias de verão”, com destinos de sol e mar, tais como as Caraíbas e a América Latina, a liderar as reservas internacionais.

De acordo com a ForwardKeys, empresa de consultoria de viagens, os países que lideram o ranking dos 20 destinos com melhor desempenho para o verão são a Costa Rica, Aruba, República Dominicana e a Jamaica, “países fortemente dependentes de viagens internacionais”, segundo o WTTC. As reservas para estes destinos já ultrapassam os níveis pré-pandémicos.

No ano passado, a recuperação gradual da indústria foi significativamente retardada pelo aumento do número de casos da variante Ómicron, segundo os dados recolhidos. Contudo, o futuro parece mais promissor em 2022.

Julia Simpson, presidente e CEO do WTTC, afirmou: “Os dados das reservas de 2022 são um sinal firme da forte recuperação do setor global de viagens e turismo. As viagens para a região da Ásia-Pacífico mostram sinais impressionantes de melhoria, à medida que os destinos reabrem gradualmente as fronteiras aos visitantes, de acordo com a procura dos clientes”.

De acordo com os dados, os números do primeiro e segundo trimestres deste ano mostram um crescimento de três dígitos para as reservas de voos de entrada em todo o mundo, em comparação com o ano passado, incluindo na América do Norte e Sul, Europa e Ásia.

Os dados também sugerem que os viajantes estão ansiosos por gastar mais em viagens após o aliviar das restrições. Outra das tendências observadas inclui o aumento de reservas de última hora.

Na Europa, houve um aumento de 350% nas chegadas internacionais no primeiro trimestre de 2022, em comparação com o ano passado. Os países da Ásia-Pacífico também registaram um aumento nas chegadas no primeiro trimestre deste ano, em comparação com 2021, com as reservas para a região a aumentar 275%.

Segundo trimestre de 2022

No segundo trimestre, o WTTC nota que assistimos a uma maior aceleração da recuperação contínua, com um aumento significativo das reservas internacionais, que subiram 264% em relação ao ano anterior.

Esta aceleração é particularmente notável na Ásia, onde as restrições de viagem estão a ser removidas. As Filipinas, sede da Cimeira Global do WTTC, é o destino com um crescimento mais rápido no Sudeste Asiático. O país cresceu 29% no segundo trimestre deste ano, em comparação com o primeiro trimestre.

A perspetiva para as viagens de verão é liderada pelo ressurgimento das viagens para as Caraíbas e América Latina, que incluem sete dos 10 principais destinos de viagem.

Entretanto, na Europa, destinos como a Islândia, Grécia, Portugal, Espanha e França estão a mostrar um forte ressurgimento, com as reservas de viagens ligeiramente atrás dos níveis pré-pandémicos, segundo o WTTC.

A África e o Médio Oriente também figuram na lista dos 20 primeiros, com a Tanzânia, Qatar e Egipto também a atingir números próximos dos níveis pré-pandémicos.

A recuperação contínua do setor das viagens e turismo, na região da Ásia-Pacífico, parece estar a acelerar à medida que os destinos reabrem gradualmente ao longo de 2022.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img