Quarta-feira, Julho 17, 2024
Quarta-feira, Julho 17, 2024

SIGA-NOS:

Verão 2024: Como viajam os espanhóis?

-PUB-spot_img

Espanha continua a ser o destino preferido dos espanhóis, mas os destinos internacionais emergentes com procura nacional, como a Albânia, estão a subir nas preferências de verão dos espanhóis, que variam em função do destino escolhido, como assinala a plataforma global de inteligência de viagens Mabrian.

A maioria dos espanhóis planeia as suas férias de verão a curto prazo, para destinos domésticos ou de curta distância, quer para desfrutar da cultura local e das praias, se ficarem em Espanha, quer para explorar o património, as experiências culturais e a gastronomia, quando escolhem destinos internacionais. Estas são as principais conclusões do relatório verão 2024: Como viajam os espanhóis?, um perfil da procura de verão dos espanhóis, desenvolvido pela nossa equipa.

Para este relatório, foi realizada uma análise cruzada, combinando os dados consolidados da procura de verão em 2023 (junho a setembro), juntamente com os dados de capacidade aérea, pesquisas e procura entre dezembro de 2023 e o final de junho de 2024, para viagens a realizar de junho a agosto de 2024. O objetivo é compreender a procura atual, com base nas tendências estruturais e cíclicas da procura para o mercado emissor espanhol durante o verão.

Os destinos estrangeiros de curta distância continuam a ser fortes, como Portugal, Itália, Marrocos ou Grécia – com uma proposta de valor combinada de sol e praia e cultura -, enquanto destinos emergentes como a Albânia sobem nas preferências.

Cinco tendências do turismo emissor de verão em Espanha

Tendência #1: verão, melhor perto de casa

Os destinos mais visitados pelos espanhóis no verão são Espanha, Portugal, Itália, França, Reino Unido, Alemanha, Grécia, Marrocos, Estados Unidos e Albânia. Mais de dois terços dos espanhóis viajam dentro de Espanha durante o verão, enquanto os restantes escolhem destinos internacionais. Os destinos estrangeiros de curta distância continuam a ser fortes, como Portugal, Itália, Marrocos ou Grécia – com uma proposta de valor combinada de sol e praia e cultura -, enquanto destinos emergentes como a Albânia sobem nas preferências. Os Estados Unidos também se destacam como o único destino de longo curso no top 10 das escolhas dos viajantes espanhóis.

Tendência #2: Viajar em Espanha ou para o estrangeiro: como variam as motivações

O património cultural (37%) e a gastronomia (12%) são as principais razões para escolher um destino internacional de verão para quase metade dos espanhóis. O sol e a praia são a razão mais importante para 13% dos espanhóis que viajam localmente, embora desfrutar de experiências culturais seja o principal motor da procura interna, para mais de um terço dos espanhóis (34% do total).

Tendência #3: Tempo bom e segurança, um fator relevante na escolha de um destino

Como mostram os nossos dados, o Índice de Perceção de Segurança, tanto para Espanha como para os cinco destinos internacionais preferidos dos espanhóis no verão, varia entre 73 e 82 pontos (em 100 possíveis), sendo Portugal, Espanha e Reino Unido os mais seguros, de acordo com a perceção dos viajantes espanhóis.

Desfrutar de condições climáticas agradáveis e não extremas é também um fator que pesa nas escolhas dos viajantes espanhóis para o verão. Os cinco principais destinos internacionais de verão preferidos pelos viajantes espanhóis apresentam um Índice de Perceção do Clima que varia entre 86 e 93 pontos, em 100 possíveis. Este valor é 11 pontos mais elevado do que a perceção que os espanhóis têm das suas próprias condições climáticas de verão, que atinge 77,1 pontos, em 100 possíveis.

Tendência #4: Aumento da capacidade aérea para os destinos favoritos e para outros destinos de longa distância

Os destinos que mais aumentarão os voos directos, ligando Espanha durante a época de verão (com base na programação das companhias aéreas), são os Estados Unidos (+5%), China (+7%), Índia (+8%), Japão (+7%), voos domésticos (+8%), Reino Unido (+5%), Itália (+11%), Alemanha (+6%), Turquia (+4%) e Brasil (+3%). Ao analisar os 20 primeiros, a capacidade aérea aumenta para outros destinos de longo curso, como a Coreia do Sul (+8%), Emirados Árabes Unidos (+9%), Tailândia (+14%) e Arábia Saudita (+13%).

Tendência #5: Mais planeamento, mas os espanhóis esperam por “ofertas de última hora”

As pesquisas de companhias aéreas para o verão de 2024 mostram uma tendência mista: Os espanhóis começaram a planear as suas férias de verão com 86,8 dias de antecedência (quase três meses) para viagens para destinos internacionais e 77 dias (dois meses e meio) para destinos nacionais, à data da análise. “Em qualquer caso, devemos esperar para ver como evoluem as pesquisas durante os meses de julho e agosto para este verão, uma vez que os viajantes espanhóis não costumam planear as suas férias com muita antecedência; de facto, como indicam os nossos dados, um em cada quatro espanhóis reserva as suas férias de verão com menos de um mês de antecedência”, explica Carlos Cendra, Sócio e Diretor de Marketing e Comunicação da Mabrian.

É de salientar que a análise cruzada foi efectuada sobre a procura de verão dos espanhóis com base nas pesquisas de voos para as suas escolhas preferidas, que vão de dezembro de 2023 a junho de 2024, para viajar entre maio e agosto de 2024; o que implica que os dados ainda não reflectem a procura tradicional de última hora do mercado espanhol de saída.

-PUB-spot_img

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img