Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024
Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024

SIGA-NOS:

Aeroporto de Madrid vai aumentar capacidade para 90 milhões de passageiros até 2031

O aeroporto de Madrid vai aumentar a sua capacidade em 28% até 2031, para 90 milhões de passageiros anuais, na sequência de um investimento de 2.400 milhões de euros, anunciou esta sexta-feira, o primeiro-ministro de Espanha, Pedro Sánchez.

Trata-se do “maior investimento da última década em infraestruturas aeroportuárias em Espanha”, disse Sánchez, durante uma visita à Feira Internacional de Turismo de Madrid (FITUR), considerada a maior do mundo do setor.

“Vamos transformar o aeroporto de Madrid num dos maiores aeroportos da União Europeia e, portanto, do mundo, com vocação de se consolidar como centro de ligações entre a Europa e a América Latina e também a Ásia”, acrescentou.

Depois de sublinhar que em 2023 Espanha alcançou números recorde de turismo, tanto a nível de visitantes, como de receitas e de emprego no setor, Sánchez considerou que as infraestruturas são determinantes para o país ser e continuar a ser “uma potência mundial de turismo”.

Espanha, realçou, tem uma rede de comboios de alta velocidade que é “das melhores do mundo” (é considerada a maior a seguir à da China), assim como “bons aeroportos”, estando os de Madrid e Barcelona já “entre os maiores da Europa em número de passageiros”.

Segundo afirmou, o aeroporto de Madrid gera atualmente, de forma direta ou indireta, quase 10% do Produto Interno Bruto (PIB) da região de Madrid e a ampliação (cujo arranque anunciou hoje) “vai traduzir-se num forte crescimento de capacidade e de rotas”, assim como na criação de milhares de empregos novos.

“Com este investimento, vamos fortalecer a liderança do ‘hub’ com a América Latina e vamos desenvolver o ‘hub’ com a Ásia, com novas rotas e linhas, essa é a nossa ambição”, afirmou.

Os aeroportos de Espanha tiveram em 2023 um recorde de 283,2 milhões de passageiros (turistas e não só), revelou a empresa AENA, que gere os 48 aeroportos civis do país.

Mais de 180 milhões de passageiros chegaram em voos internacionais (um aumento de 18,2% em relação a 2022). Nos voos domésticos o aumento foi de 12,6%.

O aeroporto de Madrid foi o que teve maior número de passageiros no ano passado (60,2 milhões de pessoas, mais 18,9% do que em 2022), seguido pelos de Barcelona (49,9 milhões, mais 19,9%).

Quanto ao turismo, Espanha teve em 2023 um ano recorde, segundo dados ainda não definitivos do governo.

O número de turistas estrangeiros em Espanha em 2023 superou 84 milhões de pessoas, mais 19% do que em 2022 e mais 1% do em 2019, o ano anterior à pandemia de covid-19 e até agora o que tinha maior registo de visitantes.

Já os gastos dos turistas em Espanha no ano passado alcançaram 108.000 milhões de euros, mais 23,8% do que em 2022 e mais 17,4% do que em 2019.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img