Quinta-feira, Maio 23, 2024
Quinta-feira, Maio 23, 2024

SIGA-NOS:

“Be Our Guest” convida João Pedro Figueira para discutir boas práticas no controlo de custos de um hotel

A segunda conversa do novo projeto da Associação dos Diretores de Hotéis de Portugal, “Be Our Guest” decorreu no passado dia 27 de junho. A sessão recebeu João Pedro Figueira, diretor de operações da Ace Hospitality Management para discutir as “boas práticas no controlo de custos no desempenho financeiro dos hotéis”

As conversas “Be Our Guest” convidam diretores de hotéis de referência a falar sobre as suas experiências profissionais, na hotelaria e no setor do turismo, e são organizadas pela ADHP na última segunda-feira de cada mês, às 19h.

Numa sessão que contou com diversos associados da ADHP e players do setor, João Pedro Figueira abordou temáticas centrais na discussão do controlo de custos, cada vez mais relevante “pela conjuntura atual”. O diretor destacou o papel de um bom controlo de custos para a implementação de uma estratégia sólida. “Permite entender melhor o negócio, ajuda a tomar decisões fundamentadas, permite criar um histórico importante para novas estratégias, é uma excelente ferramenta de budget, deteta de forma fácil desvios que podem ser corrigidos a tempo útil”, explicou.

João Pedro Figueira falou ainda de um conjunto de boas práticas que resultam na diminuição do desperdício e na entrega de um produto final de elevada qualidade. Entre o acompanhamento da sazonalidade dos alimentos, o correto armazenamento dos ingredientes, o redesenho frequente das cartas e o recurso a máquinas para uma maior segurança alimentar, o gestor apresentou soluções com impacto significativo no desempenho financeiro de um hotel.

Numa altura em que a alta rotatividade de profissionais se tornou num desafio particularmente dispendioso para os hotéis, o diretor de operações da Ate Hospitality Management, reforçou o papel da estandardização. “Manuais de procedimentos vão dar segurança a todo o processo [de trabalho] e minimizar custos. Cada vez que conseguimos mostrar a um colaborador, de forma sistemática, como vai ser o dia a dia dele, vai dar-lhe conforto e vai permitir-nos trabalhar de forma sustentada”.

João Pedro Figueira alertou para a importância da valorização dos funcionários e para o seu envolvimento nas tomadas de decisões. Incidindo sobre a questão dos recursos humanos, o gestor sublinhou o papel dos benefícios na felicidade dos profissionais e deixou uma palavra à reinvenção das formas de trabalho tradicional, como sistemas que conjuguem o teletrabalho. “Olhar para um colaborador e perceber o património que se tem é uma vantagem grande. Deve haver uma atenção redobrada para que a pessoa seja feliz no trabalho e consiga acrescentar valor – o cliente certamente vai notar isso”, considerou João Pedro Figueira, destacando, ainda, o valor dos estágios e da relação entre a academia e o mercado laboral.

O diretor de operações da Ace Hospitality Management referiu, também, um conjunto de ferramentas de análise que asseguram uma gestão de custos mais eficiente e fundamentada, destacando a importância, a nível do diagnóstico e da previsão, dos indicadores de performance (KPI) e da informação histórica.

À semelhança da conversa inaugural, a segunda parte da sessão foi marcada por um espaço de perguntas e respostas em que o convidado dialogou diretamente com os presentes.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img