Quarta-feira, Novembro 30, 2022
Quarta-feira, Novembro 30, 2022

SIGA-NOS:

Cheques de 300€ para reformados: Medidas da Alemanha para conter a inflação

O governo alemão anunciou na semana passada um terceiro pacote de medidas para ajudar os cidadãos a enfrentar a subida da inflação e o aumento dos preços da energia e do gás. Cheques de 300 euros para pensionistas, limites máximos de preços para o consumo básico de eletricidade, abono de família, subsídios de habitação, passes de transporte subsidiados, ajuda aos desempregados e mais impostos às empresas de energia pelos seus lucros extraordinários são algumas das medidas incluídas neste pacote, avança o 65 y Más.

“Trata-se de conduzir o nosso país em segurança através desta crise”, disse o Chanceler alemão Olaf Scholz, apresentando a nova ‘bazuca’ de mais de 65 mil milhões de euros. Este novo pacote foi acordado pelos três partidos que compõem a coligação governamental: social-democratas, verdes e liberais. “Tendo em conta as preocupações dos cidadãos sobre o aumento dos preços da eletricidade, estamos a levar a situação a sério”, afirmou Scholz durante a apresentação do novo pacote de medidas.

Cheque direto para pensionistas e benefícios fiscais

Há muito que o governo alemão tem vindo a considerar alguma forma de assistência aos reformados que consideram passar o inverno num destino mais quente, tal como as Ilhas Canárias. De facto, a presidente da Associação de Agências de Viagens Independentes (VUSR) na Alemanha, Marija Linnhof, propôs incentivar os reformados alemães, com um cheque de 500 euros, a passarem férias num destino mais quente durante o inverno. Apesar deste montante não ter sido aprovado, os reformados alemães vão receber um apoio de 300 euros no dia 1 de dezembro. Os estudantes, aprendizes e estagiários receberão também um cheque, neste caso de 200 euros.

Segundo Álvaro Blanco, diretor do Gabinete do Turismo espanhol em Berlim, a medida aprovada pelo governo alemão nada diz sobre “passar o inverno num destino quente”, noticia o Hosteltur. Na realidade, o que o governo de coligação da Alemanha fez foi dar luz verde a um terceiro pacote de medidas para proporcionar alívio às empresas e cidadãos face à inflação e ao aumento dos preços da energia e do gás em particular. Estas incluem, entre outras medidas, um “cheque energético” no valor de 300 euros para pensionistas e estudantes.

“Trata-se de um pagamento único de 300 euros para cobrir os custos adicionais de energia. Alguns irão utilizá-la para financiar uma viagem a um destino quente, mas a medida aprovada não diz nada sobre isto”, diz o director do OTS Berlim.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img