Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024
Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024

SIGA-NOS:

CLIA estima que o número de passageiros de cruzeiros alcance os 36 milhões em 2024

O número de passageiros de cruzeiros deverá registar um aumento em 2024. Embora os dados finais para 2023 ainda não estejam disponíveis, a Associação Internacional de Companhias de Cruzeiro (CLIA) estima que o volume de clientes neste setor turístico atingiu os 31,5 milhões em todo o mundo. Durante a Fitur 2024, foi anunciado que a previsão para este ano é de alcançar os 36 milhões de passageiros de cruzeiros a nível global.

Se as previsões se concretizarem, este crescimento representa uma recuperação para um dos setores turísticos mais afetados nos últimos anos pelas restrições sanitárias associadas à pandemia de COVID-19. Iniciada nos cruzeiros asiáticos no primeiro trimestre de 2020, a pandemia alastrou-se globalmente, persistindo até ao primeiro semestre de 2022, declinando depois para alcançar o que foi então considerado o “novo normal”.

Apesar das lembranças destes desafios, uma análise dos dados compilados pelo Statista revela que antes da pandemia, a estimativa de 30 milhões de passageiros de cruzeiros já se aproximava desse número. Contudo, houve uma significativa queda – 5,8 milhões em 2020 e 4,8 milhões em 2021 – seguida por uma recuperação em 2022, resultando num saldo de 20,4 milhões de passageiros, ainda insatisfatório, mas promissor.

Desde então, sem dados definitivos, os navios de cruzeiro têm demonstrado melhorias nos números, especialmente no volume de passageiros transportados em comparação com o número de navios fretados.

Por região, e de acordo com os dados divulgados pela Statista – que ainda não incluem resultados para 2023 – a principal região de destino de cruzeiros foram as Caraíbas, com cerca de 9 milhões de passageiros de cruzeiros em 2022. Este número é mais de quatro vezes superior ao número de viajantes registados no Mediterrâneo Central e Ocidental, que ficou em segundo lugar.

Continuando a enumeração das preferências dos passageiros de cruzeiro, o terceiro destino mais popular foi o Norte da Europa, que recebeu aproximadamente 1,5 milhões de passageiros nesse mesmo ano. Em 2023, esta região alcançou um novo recorde de movimentos de passageiros de cruzeiros, de acordo com dados de Puertos del Estado, embora os resultados definitivos ainda não estejam disponíveis.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img