Quinta-feira, Setembro 29, 2022
Quinta-feira, Setembro 29, 2022

SIGA-NOS:

Covid-19: Ilhas Caimão e Barbados vão levantar restrições

Os turistas vacinados que queiram viajar para as ilhas Caimão nas Caraíbas, e Barbados na América do norte, atualmente, são obrigados a solicitar um certificado de viagem pelo menos 72 horas antes da partida e apresentar provas de que foram totalmente vacinados.

As pessoas que não estejam vacinadas, com idade igual ou superior a 12 anos e que não tenham laços com as Ilhas Caimão, não são autorizados a entrar e os que têm laços estreitos devem permanecer em quarentena durante sete dias.

Contudo, a partir desta quarta-feira, dia 24 de agosto, todas as regras de entrada nas Ilhas Caimão serão abandonadas, e todos as pessoas vão poder entrar nas Ilhas sem apresentar provas de vacinação, fazer testes ou preencher formulários.

O Ministro do Turismo e dos Transportes, Kenneth Bryan, afirmou: ’’Os novos regulamentos estão em sintonia com o atual ambiente global, e eu apoio e saúdo plenamente a eliminação das restrições de viagem”.

A diretora de turismo das Ilhas Cayman, Rosa Harris, afirmou: “Estamos prontos a abrir as nossas portas a todos os que desejem visitar-nos e que acreditem que o futuro do turismo nas Ilhas Caimão é forte”.

Barbados abandonou a sua exigência de que os turistas não vacinados façam um teste ou quarentena à chegada, e podem entrar apresentando provas de um PCR negativo ou um teste de antigénios feito entre um e três dias antes da chegada.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img