Sábado, Fevereiro 24, 2024
Sábado, Fevereiro 24, 2024

SIGA-NOS:

easyJet e SNPVAC assinam Acordo de Empresa

A easyJet e o Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) assinaram esta quinta-feira, 21, o documento que define a renovação do Acordo de Empresa – definido pela primeira vez em 2016 – que estabelece as condições para os tripulantes de cabine da companhia, em Portugal, até 31 de janeiro de 2027, nas instalações da DGERT – Direcção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho.

Com este acordo, a easyJet reafirma “a continuidade de garantia de que emprega todos os membros da sua tripulação com contratos locais, em total conformidade com as leis nacionais e reconhecidos pelos seus sindicatos”, informa a companhia. Todos os salários, termos e condições da tripulação são acordados através de Acordos de Empresa, em parceria com o sindicato que os representa.

José Lopes, country manager da easyJet para Portugal, refere que: “Estamos extremamente satisfeitos por termos chegado a um acordo com o SNPVAC relativamente ao Acordo de Empresa, acautelando o melhor interesse da nossa tripulação e das operações portuguesas, o que irá assegurar manutenção do crescimento da easyJet em Portugal de uma forma sustentada A easyJet leva muito a sério as suas responsabilidades como empregador e estamos satisfeitos por termos chegado a um acordo em que as partes envolvidas se esforçaram por garantir um ambiente de trabalho justo, equitativo e produtivo, tendo em conta os interesses e preocupações dos trabalhadores da easyJet e os objetivos da companhia aérea.”

Por sua vez, o Secretário de Estado do Trabalho, Miguel Fontes, sublinha que: “Foram 10 meses de negociações, marcadas por elevada complexidade, e que os serviços do MTSSS sempre acompanharam de perto. Agora, em resultado da mediação destes serviços no processo de conciliação, culminámos na assinatura deste importante Acordo de Empresa, bem visível no expressivo número de 441 tripulantes de cabine abrangidos. Felicito as partes pela capacidade que revelaram em conseguirem aproximar posições e em terem sabido construir, em diálogo social, este Acordo de Empresa, que é seguramente um instrumento fundamental para o reforço e o crescimento da atividade da empresa”

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img