Terça-feira, Outubro 4, 2022
Terça-feira, Outubro 4, 2022

SIGA-NOS:

Espanha elimina controlos sanitários relacionados com a covid-19 nos portos e aeroportos

Desde terça-feira, 20 de setembro, os viajantes que chegam a Espanha provenientes de países terceiros, seja em aeroportos ou portos, deixarão de ter de cumprir os controlos sanitários impostos até agora pela pandemia, avança o Hosteltur. As antigas medidas exigiam o preenchimento do formulário e a apresentação do código QR da aplicação móvel Spain Travel Health (SpTH) ou a posse de um certificado de vacinação.

O Boletim Oficial do Estado, da passada segunda-feira, publicou a resolução da Direção-Geral de Saúde Pública, que altera a resolução de 1 de abril de 2022, relativa aos controlos sanitários a efetuar nos pontos de entrada em Espanha.

Tendo em conta a evolução da pandemia a nível mundial e a situação epidemiológica no país, e a fim de favorecer a normalização da mobilidade internacional, com o menor impacto possível na saúde pública, alguns dos aspetos contemplados na presente resolução foram atualizados.

Desta forma, já não se considera necessário manter a utilização da aplicação móvel SpTH, que desde a passada terça-feira já não está operacional. Do mesmo modo, uma vez restabelecida a normalidade nos cruzeiros internacionais, a Saúde Pública abolirá as medidas extraordinárias que foram implementadas.

Verificações de temperatura

Como foi confirmado à Hoteltur por fontes do Ministério da Saúde, as linhas de intervenção sanitária mantidas à entrada do país “estarão orientadas para a realização de controlos documentais de rotina a todos os viajantes, centrar-se-ão agora na deteção de pessoas suspeitas de sofrer de covid-19 ou de qualquer outra doença que possa constituir um risco para a saúde pública”.

Especificamente, as ações de controlo sanitário centrar-se-ão na medição da temperatura e no controlo visual dos viajantes que entram em Espanha por via aérea ou marítima.

Até agora, o Ministério da Saúde espanhol exigia a todos os viajantes de países não pertencentes à UE e não-Schengen que apresentassem um certificado de vacinação, recuperação ou prova de vacinação à chegada. Os viajantes que não possuíam um certificado de vacinação equivalente à UE eram obrigados a preencher o formulário de controlo de saúde em Espanha.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img