Quarta-feira, Julho 17, 2024
Quarta-feira, Julho 17, 2024

SIGA-NOS:

ForwardKeys prevê que turismo recetivo na Europa atinja novos recordes este verão

-PUB-spot_img

A ForwardKeys, em parceria com a European Tourism Association (ETOA), chegou à conclusão que a Europa está a preparar-se para um “verão excecional”, com o turismo recetivo a atingir novos recordes. Globalmente, as chegadas internacionais à Europa em julho e agosto registam um crescimento anual de +12%, um pouco acima da média global (+11%).

Este crescimento é impulsionado principalmente pelas viagens intra-regionais (+10% em comparação com 2023), e por um afluxo significativo de visitantes de mercados de longo curso na Ásia-Pacífico (+11%) e nos EUA (+21%).

Por sua vez, os aumentos nas pesquisas de voos e nas reservas de bilhetes indicam um forte interesse nos destinos europeus, apesar dos efeitos persistentes dos desafios económicos globais, devido, em parte, à realização de grandes eventos durante a época de verão. No entanto, a ForwardKeys revela que alguma incerteza económica pode refletir-se num crescimento mais rápido dos lugares em classe económica (+11%) ao longo de 2023, em comparação com os bilhetes em classe premium, que se mantêm aos níveis de 2023 (+1%).

Europa Central e Oriental crescem mais rapidamente após uma reativação lenta

A Europa Central e Oriental estão a registar o crescimento mais rápido do turismo interno, após um período de reativação lento devido à guerra na Ucrânia. Este verão, a região espera um aumento notável de 23% no volume de turistas em comparação com o ano passado. O Norte da Europa também está em vias de crescer a um ritmo mais rápido (+12%) do que os destinos do Sul da Europa (+10%), refletindo uma tendência mais ampla de recuperação em todas as sub-regiões europeias.

Cidades com melhor desempenho revelam que os destinos urbanos lideram

A ForwardKeys revelou ainda que os destinos urbanos estão a liderar o renascimento do turismo na Europa, ultrapassando as tradicionais férias de sol e praia. Cidades como Munique (+37%), que beneficia de eventos desportivos este verão, estão a registar um crescimento significativo. O padrão é equilibrado nas sub-regiões europeias, com aumentos substanciais em todo o continente, incluindo Viena (+23%), Edimburgo (+19%), Madrid (+16%) e Veneza (+16%).

Embora as estadias de média duração continuem a representar a maior parte das chegadas intra-regionais (63%), as viagens curtas de uma a três noites registam o maior crescimento em 2023, com +23%, representando 16% de todas as estadias. As viagens longas – mais de duas semanas – estão a registar um crescimento de 5%.

Eventos continuam a impulsionar procura

Os eventos estão a desempenhar um papel crucial no aumento da procura turística. As chegadas à Alemanha – anfitriã do torneio de futebol UEFA Euro 2024 – estão a registar um crescimento de +19% em comparação com o mesmo período de 2023.

Já a procura por viagens durante os Jogos Olímpicos de Paris também é superior à do ano passado, com os mercados com melhor desempenho a incluírem a China (+124%), o Japão (+57%), a Alemanha (+32%) e os EUA (+25%).

-PUB-spot_img

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img