Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024
Quinta-feira, Fevereiro 22, 2024

SIGA-NOS:

Irlanda apresenta novas medidas para o combate à COVID-19

Com o aumento dos casos de COVID-19 na Irlanda, o governo apresentou esta terça-feira, dia 16 de novembro, algumas medidas para tentar combater o aumento de casos. A partir da próxima quinta-feira, dia 18 de novembro, os bares, discotecas e restaurante vão ser obrigados a fechar até à meia-noite.

Desde o passado 22 de outubro que a hotelaria e a restauração na Irlanda tinham recuperado os horários habituais, sendo que desde janeiro até outubro deste ano tinham de fechar até às 23h30.

O governo irlandês decidiu que a partir do dia 19 de novembro, próxima sexta-feira, os trabalhadores podem trabalhar a partir de casa, sempre que possível.

A juntar a estas medidas, será obrigatório apresentar os certificados europeus de vacinação nas salas de teatro e de cinema, o que já acontecia na restauração e na hotelaria. Contudo, os cabeleireiros e ginásios continuam isentos da apresentação do certificado.

A imprensa irlandesa revelou que o primeiro ministro irlandês, Micheál Matin, acredita que, nas próximas semanas, irão entrar em vigor novas restrições.

Os números oficiais do dia 15 de novembro dão conta de 4570 novos casos e um aumento de 40 pessoas hospitalizadas, o que faz com que neste momento estejam 622 pessoas internadas, das quais 117 estão nos cuidados intensivos. O serviço nacional de saúde irlandês alerta para estes números, pois significa que a capacidade dos hospitais está próxima do limite.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img