Quinta-feira, Julho 18, 2024
Quinta-feira, Julho 18, 2024

SIGA-NOS:

MSC Euribia supera metas ao economizar 43 toneladas de combustível na viagem inaugural

-PUB-spot_img

A MSC Cruzeiros divulgou os resultados da viagem inaugural do MSC Euribia, realizada entre 3 e 8 de junho de 2023. Nesta jornada, o navio, movido a Gás Natural Liquefeito (LNG), superou as expectativas, registando um desempenho 11% acima do previsto e poupando 43 toneladas de combustível.

A empresa atribui este feito a ajustes nos perfis de velocidade, itinerários estratégicos e a uma gestão rigorosa do consumo energético, incluindo a recuperação de calor dos motores da MSC Euribia para as cozinhas e sistemas de aquecimento a bordo, eliminando a necessidade de caldeiras durante a viagem.

Segundo a MSC, esta conquista destaca a viabilidade das operações de cruzeiro com zero emissões, ultrapassando as metas estabelecidas para o setor antes do prazo de 2050. O sucesso da MSC Euribia foi coroado com o prémio “Iniciativa de Sustentabilidade do Ano 2023”, nos Seatrade Cruise Awards 2023, anunciado a 6 de setembro em Hamburgo, Alemanha.

De acordo com a companhia de cruzeiros, o uso de bio-LNG como combustível foi fundamental para alcançar as zero emissões. A empresa afirma que os dados e informações adquiridos durante esta viagem serão cruciais para otimizar ainda mais a frota de navios, visando a redução das emissões em toda a operação da MSC Cruzeiros.

“Estamos extremamente orgulhosos desta conquista, que demonstra a viabilidade atual de operações de cruzeiro com zero emissões. O MSC Euribia é atualmente o navio de cruzeiro mais eficiente em termos energéticos do mundo, mas para que este sucesso seja replicado em toda a indústria marítima, é necessária uma maior disponibilidade de combustíveis renováveis”, afirma Michele Francioni, vice-presidente sénior de Otimização da Divisão de Cruzeiros do Grupo MSC.

Recentemente, a MSC Cruzeiros assinou uma Carta de Intenções (“LOI”) com a Gasum, um fornecedor de combustíveis, com o objetivo de proporcionar à MSC acesso ao gás natural liquefeito ou e-LNG, um combustível renovável produzido a partir de hidrogénio, criado por hidrólise com energia renovável e carbono capturado.

“A parceria com a Gasum permitirá aceder a combustíveis mais limpos e sustentáveis, essenciais para avançar na direção de cruzeiros com zero emissões. Precisamos de mais fornecedores como a Gasum para apoiar a nossa indústria. Estamos ansiosos para adquirir mais destes novos combustíveis. Entretanto, continuaremos a aprender com os dados recolhidos durante a viagem com zero emissões de gases com efeito estufa do MSC Euribia e a usá-los como referência para a entrega do nosso próximo navio a LNG”, afirma Linden Coppell, vice-presidente de Sustentabilidade e ESG na MSC Cruzeiros.

-PUB-spot_img

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img