Segunda-feira, Maio 27, 2024
Segunda-feira, Maio 27, 2024

SIGA-NOS:

Mulheres jovens na China impulsionam aumento de viagens internacionais, aponta estudo

Um aumento nas viagens está a ser impulsionado por mudanças demográficas na China, especialmente entre as mulheres jovens e em ascensão social. De acordo com um recente inquérito sobre o sentimento de viagem realizado pelo China Trading Desk, 62% dos viajantes para o estrangeiro eram mulheres, com quase 40% delas na faixa etária dos 18 aos 24 anos e pouco mais de 27% entre os 25 e 29 anos. Durante o Ano Novo Chinês, entre 10 e 17 de fevereiro, foram realizadas 3,6 milhões de viagens ao estrangeiro, segundo dados do Ministério da Cultura e do Turismo da China.

Prevê-se que o turismo emissor da China alcance 80% dos níveis pré-pandemia até o final de 2024, de acordo com um estudo da Dragon Trail citado pela Skift. O feriado de cinco dias do Dia do Trabalhador, que começa a 1 de maio, e a temporada de viagens de verão são esperados para impulsionar ainda mais esse aumento.

Subramania Bhatt, fundador e diretor executivo da China Trading Desk, observou o surgimento de um novo grupo de viajantes digitais que procuram experiências culturalmente enriquecedoras. O responsável destacou que este grupo, predominantemente jovem, feminino e instruído, muitas vezes opta por viagens individuais, mostrando interesse em atividades na natureza e experiências culturais. Bhatt enfatizou a necessidade de as empresas de viagens e destinos atenderem melhor a esses viajantes, focando em segurança, bem-estar e serviços de apoio, além de promoverem experiências de compras e luxo, juntamente com atividades locais únicas.

No que toca às preferências de viagem, o inquérito revelou que as compras estão entre os cinco principais aspetos consumíveis durante as viagens ao estrangeiro, juntamente com o alojamento, os bilhetes de avião e a alimentação. Mais de um quarto dos viajantes afirmou pesquisar atividades de compras antes de adquirir bilhetes de avião, com essa percentagem a subir para quase 70% entre aqueles que têm entre 18 e 29 anos.

Aplicações para planear, pesquisar e pagar

Os viajantes chineses também estão a reservar viagens mais rapidamente e a utilizar mais as plataformas digitais. Segundo o inquérito, isto sugere uma tendência para a espontaneidade e a flexibilidade, impulsionada pelas suas competências digitais.

Os viajantes utilizam aplicações de viagem populares como CTrip e Qunar, bem como plataformas de redes sociais como Douyin e Xiaohongshu (o Instagram da China), para obter informações e planear viagens. Estas plataformas são também frequentemente utilizadas para organizar excursões de compras.

Bhatt salienta a importância das ferramentas digitais nas viagens e nas compras, referindo a forma como estas moldam os planos de viagem. “As recomendações de amigos influenciam fortemente as reservas de hotéis, seguidas dos anúncios digitais, destacando a importância das redes sociais e do marketing direcionado no sector da hotelaria”, afirma.

Para melhorar as experiências de compras, os viajantes, especialmente os que têm entre 18 e 29 anos, preferem utilizar carteiras digitais e pagamentos móveis. O Alipay é o principal método de pagamento para viagens ao estrangeiro, sendo o WeChat Pay também muito utilizado pelos viajantes chineses.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img