Quarta-feira, Outubro 5, 2022
Quarta-feira, Outubro 5, 2022

SIGA-NOS:

Portugal teve a segunda menor quebra da UE, nos voos comerciais, entre março de 2019 e 2022

Portugal teve a segunda menor quebra nos voos comerciais (-8%) em março de 2022, face ao mês homólogo de 2019, com a média da União Europeia (UE) a registar uma diminuição de 27%, divulga esta quinta-feira, dia 14 de abril, o Eurostat.

Na média da UE, o número de voos comerciais aumentou, no mês passado, 156% face a março de 2021, mas mantém-se 27% abaixo dos valores pré-pandemia da covid-19.

Em termos absolutos, de acordo com o serviço estatístico europeu, o número de voos comerciais na UE fixou-se, em março, nos 389.181, que se comparam com os 151.986 do mesmo mês de 2021, 296.362 de 2020 e 530.400 de 2019.

Portugal apresentou, em março, a segunda menor quebra (-8%) nos voos comerciais (face ao mesmo mês de 2019), depois da Croácia (-6%) e seguido pela Grécia (-12%).

Por outro lado, a Eslovénia (-56%), a Suécia (-45%), a Letónia (-43%), a República Checa (-42%) e a Finlândia (-41%).

O Eurostat assinala que as consequências da invasão da Ucrânia pela Rússia, em 24 de fevereiro, se manifestam nos números de março: os 14.493 voos para a Rússia e os 5.414 para a Ucrânia recuaram para os 52 voos comerciais para o primeiro país, enquanto para o segundo não foi registado qualquer voo, em março último.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img