Sábado, Julho 13, 2024
Sábado, Julho 13, 2024

SIGA-NOS:

Preço médio em Cascais cresce 21% face ao período pré-pandemia

-PUB-spot_img

Em 2022, Cascais recebeu 491.241 de turistas e registou um total de 1.181.877 dormidas, de acordo com os dados mais recentes partilhados pelo Turismo de Cascais, em comunicado.

Em termos financeiros, salienta-se o crescimento em 18,3% do preço médio por quarto ocupado, relativo ao período homólogo, agora nos 133,8€, o que representa um incremento de 21% face ao período pré-pandémico, em 2019. Também a receita por quarto disponível (RevPAR) apresentou um desempenho notável, atingindo um aumento de 18% comparativamente a 2019, considerado o melhor ano de sempre. Em 2022, o Reino Unido foi o mercado estrangeiro mais interessado em Cascais, com um total de 125.028 dormidas, destituindo assim Espanha que, tradicionalmente, ocupava o lugar de principal mercado emissor de hóspedes estrangeiros.

Também no segmento de golfe, o turista britânico representou a maior fatia entre os golfistas estrangeiros, ficando os alemães na segunda posição. De salientar a progressiva qualificação do turista de golfe face aos anos anteriores. Em termos absolutos, registaram-se, em 2022, 215.805 voltas de golfe, o que corresponde a um crescimento de 21% relativamente a 2019.

Para a evolução positiva do turismo em Cascais terão contribuído “não só o abrandamento das restrições à livre circulação, dentro e fora da União Europeia, bem como as iniciativas criadas pelo Turismo de Cascais com o objetivo de atrair mais visitantes”, refere a entidade em comunicado. “As paisagens surpreendentes, a variada oferta cultural, a proximidade à capital, e a aposta na sustentabilidade e no nomadismo digital fazem da região um destino caracterizado pela diversidade concentrada, permitindo aos visitantes usufruírem de inúmeras experiências num curto raio de ação”.

“O turismo foi, como sabemos, um dos setores mais afetados pela pandemia e encontra-se ainda em fase de recuperação. Estamos entusiasmados com o crescimento da atividade turística em Cascais, em 2022, e otimistas no que concerne a 2023, no entanto não podemos deixar de considerar que ainda vivemos um período de incerteza, provocado pela situação da guerra no leste da Europa e pela subida acentuada da inflação e das taxas de juro”, afirma Bernardo Corrêa de Barros, presidente da Associação Turismo de Cascais, citado em comunicado.

As perspetivas do Turismo de Cascais para 2023 “são animadoras e seguem a linha de recuperação registada com a normalização da pandemia”.

“O aumento do número de turistas e da ocupação que verificamos prova a capacidade do concelho em proporcionar uma experiência diferenciadora, segura e memorável a todos os que o visitam. Em 2023, com o intuito de liderarmos no que diz respeito à inovação, prevemos continuar a apostar na digitalização da oferta, mantendo-nos na vanguarda do que se designa hoje por Smart Tourism”, acrescenta Bernardo Corrêa de Barros.

O turismo de golfe é outra das apostas da região, tendo esta lançado “uma plataforma única a nível mundial, Golf Passport by Cascais, que facilitará a reserva de pacotes de golfe ao melhor preço”.

Adicionalmente, apresentará, em 2023, o Cascais Virtual & Marketeplace, uma montra da região em realidade virtual.

Distinguido com diversos prémios em 2022, de que são exemplo o Golfinho de Ouro no festival internacional de Cannes, o Prémio Internacional Destinos ART&TUR e o Best Travel Film 2022 no Portugal Indie Film Festival, que lhe conferem reconhecimento internacional, o Turismo de Cascais entra, assim, “no novo ano com a certeza de estar no caminho certo para a consolidação do seu posicionamento como um dos destinos mais procurados em Portugal”.

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img
-PUB-spot_img