Terça-feira, Junho 15, 2021
Terça-feira, Junho 15, 2021

SIGA-NOS:

Quem é Christine Ourmières-Widener, apontada como a próxima presidente executiva da TAP

Enquanto se aguarda a próxima assembleia geral da TAP, agendada para 24 de junho, da qual sairá um novo conselho de administração da companhia, já são conhecidos os nomes propostos pelo Governo.

Miguel Frasquilho, chairman da TAP desde 2017, está de saída e para substitui-lo surge Manuel Beja, licenciado em Matemática Aplicada à Economia e à Gestão, com experiência na área de tecnologia de informação e esteve anteriormente na Novabase.

Os restantes órgãos também já são conhecidos. De acordo com a informação, disponível no ‘site’ da companhia aérea, os restantes nomes a propor para o Conselho de Administração são Christine Ourmieres-Widener, Ramiro Sequeira, Alexandra Reis, João Gameiro, José Manuel Silva Rodrigues, Silvia Mosquera González, Patrício Ramos Castro, Ana Teresa Lehmann, Gonçalo Monteiro Pires e João Pedro da Conceição Duarte.

Para a presidência do Conselho Fiscal é proposto o nome da Baker Tilly, PG & Associados, SROC, S.A. e para o mesmo órgão são propostos para vogais os nomes de Sérgio Sambade Nunes Rodrigues, Maria de Fátima Damásio Geada e José Manuel Fusco Gato (vogal suplente).

A informação diz ainda que para a Mesa da Assembleia Geral é proposto o nome de António Macedo Vitorino (presidente) e David Fernandes de Oliveira Festas (vice-presidente) e para a Comissão de Vencimentos são propostos os nomes de Pedro Miguel Nascimento Ventura, Tiago Aires Mateus e Luís Manuel Delicado Cabaço Martins.

A francesa Christine Ourmières-Widener é, assim, apontada como a próxima presidente executiva da companhia aérea. Um nome estrangeiro para suceder a Antonoaldo Neves e a  Ramiro Sequeira (atual presidente executivo) não é surpresa. Em julho do ano passado, depois de ter chegado a acordo com os acionistas privados da TAP para a compra de parte da posição da Atlantic Gateway,o ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos já tinha avançado que o próximo CEO da TAP seria escolhido através de uma empresa de recrutamento, neste caso, no mercado internacional. Foi preciso um ano para se ficar conhecer o nome da próxima líder executiva da companhia.

Olhando para o currículo de Christine Ourmières-Widener, a CEO, Líder Empresarial Sénior e Especialista em Mudança Organizacional, como é descrita na sua conta de Linkedin, parece cumprir os requisitos enumerados pelo ministro à época: “um gestor qualificado, experiente e com competências na área da aviação”.

Mais recentemente, Christine Ourmières-Widener foi CEO do Flybe Group, a maior companhia aérea regional da Europa, tendo passado quase 5 anos como CEO da CityJet, uma sociedade de leasing especializada no setor da aviação. Os cargos anteriores incluem vários anos na Air France, incluindo vice-presidente e diretora geral da Air France KLM.

De acordo com o que se pode ler no seu Linkedin, Christine “tem um histórico comprovado de projetos de Fusões e Aquisições de alto valor para garantir a sustentabilidade a longo prazo. Isso recentemente inclui liderar a venda da Flybe a um consórcio, o que permitiu evitar a perda de 2,5 mil empregos”.

0
-PUB-

DEIXE A SUA OPINIÃO

Por favor insira o seu comentário!
Por favor, insira o seu nome aqui

-PUB-spot_img

Mais lidas